DESCOBRINDO A ALMA INVISÍVEL DE UM OUTRO E DO UNIVERSO

A maioria de vocês pode me conhecer apenas como uma roupa e uma camisa branca, mas não é isso que eu sou. Eu realmente tenho uma vida, não uma vida que começou com o nascimento e termina no túmulo. Essa não é a minha vida em tudo. É assim que passo algumas décadas na totalidade da vida. Mas tenho uma vida que está ancorada na eternidade, que começou muito antes do meu nascimento e florescerá mais depois da passagem do que nos anos que precederam essa passagem. É uma vida de alegria que não depende de quantos dinheiro tenho no meu bolso porque a alegria estava lá quando não havia dinheiro no bolso, e estaria lá se não houvesse dinheiro agora. É uma alegria que tem sua fonte, não apenas em conhecer a mim mesmo, mas em conhecer você.

Existe um você que eu encontrei dentro de mim;

Há um você que eu amo estar com;

Há um você com o qual tenho viajado por todo o mundo para conhecer.

Este é o você que Deus fez à Sua própria imagem e semelhança, e é um você que existiu antes de você nascer. É um Eu que eu não apenas conheço, mas que continuarei a saber quando você não estiver mais na face do globo, porque eu não o perderei de vista se você ou eu decidirmos deixar esta fase da vida.

“Antes de Abraão existia, Eu Sou.” Isso é verdade de mim; isso é verdade de você. Você deve ter algum interesse em conhecer a si mesmo como você existiu em Deus e como você continuará a existir em Deus durante todo o tempo. Deve interessar-lhe conhecer seus pais e seus filhos, não como eles olham em suas estruturas físicas, mas o que a Alma deles revela, o que Deus colocou nelas e o que, na maioria das vezes, foi mantido escondido durante todo o seu período na Terra.

landscape nature sky person
Foto por Pixabay em Pexels.com

Embora eu pudesse ler em livros que você é espiritual e que você é o filho de Deus, isso nunca me faria saber disso, nem jamais me faria conhecer você. Só me daria alguma informação sobre você que eu poderia ou não acreditar e, que certamente não acreditaria se julgasse pelas aparências.

No entanto, tendo sido levantado até aquele ponto em que meu Pai celestial poderia transmitir a verdade, então eu a contemplo como você é, porque eu me vi pela primeira vez. Eu me vi à imagem e semelhança de Deus; Eu me vi como ser espiritual existindo antes do meu nascimento e ainda vivendo depois da minha morte. Porque eu vi isso, vi sua identidade. Foi só então que comecei a amar as pessoas, a querer estar com elas, a viajar para conhecê-las e a aprender sobre elas, com elas e compartilhar com elas.

O Amor Divino, o Amor Espiritual e a compreensão só podem entrar em nossos corações quando somos elevados tão alto que discernimos a natureza real um do outro. Até então, tudo o que vemos são as limitações humanas que cada um possui. Naquele momento, quando em oração e meditação observamos a natureza de Cristo, o homem espiritual, então começamos uma vida na Terra de amor espiritual, compartilhamento espiritual e graça espiritual.

Joel S. Goldsmith – Capítulo 4 – ISSO É IMORTALIDADE –  DESCOBRINDO A ALMA INVISÍVEL DE UM OUTRO E DO UNIVERSO – DO LIVRO: A ALTITUDE DA ORAÇÃO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: