PEDRAS DA FUNDAÇÃO PARA UMA VIDA DE ORAÇÃO

Para começar sua jornada no caminho espiritual, você deve ter pelo menos três períodos por dia para oração, meditação e comunhão interior. Eventualmente, você aumentará esses períodos para 20 a 30 vezes por dia. É verdade que alguns deles podem durar um minuto ou ser tão curtos quanto dez, vinte ou trinta segundos, mas trarão a realização:

Obrigado Pai, pela onipotência, onipresença e onisciência. Obrigado Pai, que além de Você não há outro poder. Não há poder de destruição, nenhum poder de tempo ou lugar, nenhum poder de idade, nenhum poder de pecado, nenhum poder de doença, nenhum poder da mente carnal apenas nenhum poder além do poder da Graça de Deus aqui onde Eu sou.

Um minuto disso 20 vezes por dia mudaria sua vida tão rapidamente que logo seus amigos e parentes não o reconheceriam. Mas é aí que entra a dificuldade. Você pretende fazer isto 20 vezes por dia e esquece umas 18 vezes. Isso não faz diferença, já que amanhã você provavelmente esquecerá disso apenas umas 17 vezes. Até o final da semana, você não vai esquecer tantas vezes assim. Então, quando o fruto começar a aparecer, você nunca permitirá que ele se afaste de você.

Por meio dessas curtas meditações, você tem a garantia, no meio do dia normal de vida, de que continua e está sob a Graça de Deus. Para praticar meditações com apenas alguns segundos de duração, você não precisa fechar os olhos nem precisa se sentar. Você pode orar enquanto trabalha no escritório, em casa, cozinhando, limpando a casa, andando, pedalando ou enquanto dirige seu carro. Independentemente do que você esteja fazendo com o seu corpo, você pode dar 10 segundos para isso:

Eu em Deus e Deus em mim. Onde eu estou, Deus É.

É suficiente! Outra hora:

“Por baixo  estou dos braços eternos.”

Aqui onde Eu sou,

Deus
É.

E essa meditação também é suficiente! Outra hora:

Eu vivo, não pelo poder nem pela força, mas pela Graça de Deus. Eu posso descansar na certeza dessa Graça.

Mais uma hora se passa você pode olhar para uma árvore e perceber:

Dia e noite, a vida de Deus está animando essa árvore, e embora pareça estéril neste momento, a própria atividade de Deus é a garantia de que no devido tempo haverá frutos. Assim como também, se no momento em que pareço estar desprovido de saúde, riqueza ou oportunidade, percebo que a presença de Deus em mim é a certeza de que, no devido tempo, eu também darei frutos abundantemente.

Em menos de uma hora deve haver esses 10 segundos de lembrança consciente:

Eu em Deus e Deus em mim. Eu vivo pela graça, não pelo poder nem pela força. Então deixe-me ficar quieto e saber que Eu no meio de mim sou Deus.

woman in red floral shirt lying on grass field
Foto por Andre Furtado em Pexels.com

Apenas 10 segundos, de vez em quando, são suficientes para mantê-lo conscientemente na atmosfera de Deus, no sentido de servir para cumprir as Escrituras em sua experiência e com o objetivo de manter o contato entre você e sua Fonte. Onde quer que você esteja, você deve ter um período de 10 segundos para lembrar:

A Graça de Deus está sobre mim. Eu tenho alimento para compartilhar com todos os que estão aqui, carne espiritual, pão espiritual, e aqueles que estão aceitando nunca terão fome. Eu posso dar àqueles que estão lendo isto água espiritual, e aqueles que a aceitam nunca mais terão sede. “Eu e meu Pai somos um”, e o Pai está derramando a totalidade da divindade através de mim para você e para este mundo.

Aqueles de nós que estão tentando viver a vida de oração se envolvem em todas as atividades naturais e normais que fazem parte da vida cotidiana, e nós fazemos todas as coisas que por enquanto são necessários. Nós comemos nosso café da manhã, almoço e jantar, porque eles são tão parte da vida de nosso dia como é o nosso banho diário.

Então, descartamos essas atividades rotineiras de nossa mente, para que o resto do nosso tempo possa ser gasto em oração. Isso não significa que estamos orando o tempo todo:

significa que estamos orando.

Estar em oração significa estar em uma atitude de escuta, em uma quietude interior, não abarrotada de ruídos externos.

Então, se a Voz falar, poderemos ouvi-La. Os ruídos do lado de fora ou os aviões a jato voando não precisam nos aborrecer porque lá “dentro” existe uma parte de nós, indiferente a essas coisas exteriores e capaz de ouvir a Voz, mesmo no clamor do mundo.

Joel Goldsmith – Capítulo 6 – ORAR SEM CESSAR – PEDRAS DA FUNDAÇÃO PARA UMA VIDA DE ORAÇÃO do Livro: A ALTITUDE DA ORAÇÃO

Se preferir acompanhe as vídeo-aulas de PRATICANDO A PRESENÇA abaixo

 

Autor: CAMINHO INFINITO NA PRÁTICA - reggisbrother

Coach Místico. Não sou nada. Não busco nada de ninguém. Nunca serei nada e nem posso querer ser nada. Apenas compartilhando a Graça.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s