Sua Consciência é a Lei para sua experiência de vida

Você nunca mais será capaz de culpar uma pessoa, uma circunstância ou uma condição pelas desarmonias de sua vida, porque você reconhecerá que não existe nada que entre em sua experiência que contamine ou faça uma mentira, nada que o “homem, cuja respiração está em suas narinas” pode fazer com você, mas é o que emana de sua própria consciência que é a lei para sua experiência de vida.

Isso não é de forma alguma uma negação do fato de que em nossa experiência humana nós, e o resto do mundo, estamos diariamente enfrentando os mesmos males que sempre atormentaram a humanidade e que, em vez de diminuir, parecem estar aumentando. Nos libertar dos males que nos afligem e depois ajudar os outros a alcançar sua liberdade é o objetivo do Caminho Infinito.

Alcançamos essa liberdade através da revelação que nos foi dada que todo os males do mundo, desde o começo até o fim de todos os tempos – aqueles que nos afetam individualmente, nacionalmente e universalmente – devem ser reconhecidos como a emanação ou expressão do que Paulo chamou de “mente carnal”, o que a metafísica denominou “mente mortal”. ”E que a Bíblia descreveu como “mente carnal ”; mas então devemos dar o próximo e último passo o qual é … que esta mente do mal não é mente porque não é criada por Deus e não tem lei de Deus para sustentá-la. O que nos liberta é a impersonalização do mal e a compreensão de que existe apenas como poder temporal ou “braço da carne” e, portanto, não é poder.

Foi Jesus quem disse: “Não é o que entra pela boca que contamina o homem; mas o que sai da boca, isso contamina o homem.” Naquela declaração do Mestre, toda a responsabilidade é colocada onde ela pertence – não é o que entra na boca, não é o que entra na mente, não é o que vai em você, mas o que sai. Existe a sua responsabilidade. É isso que te eleva acima do monte de marionetes do seres humanos comuns e te faz mestre de seu destino e capitão de sua própria Alma. Isso é determinado não por palavras, mas pela convicção mantida na consciência. Você acredita que “o homem, cuja respiração está em suas narinas” ou nos “príncipes deste mundo”, podem lhe dar alguma coisa? Você acredita que eles podem reter qualquer coisa ou tirar alguma coisa de você? Se você faz isso, é o que está saindo de sua consciência, e é isso que corrompe, destrói e torna toda a sua experiência de vida um desapontamento e fracasso. Tudo depende do que você entretém na consciência.

Qualquer incapacidade de ser mestre em sua experiência de vida, pelo menos naquelas que ocorreram antes de você entrar na verdade, deriva do seu fracasso em assumir o domínio consciente sobre a sua vida, porque você estava vivendo na ignorância dos princípios da vida que lhe dão domínio sobre as circunstâncias e condições. Por exemplo, acreditar no poder da infecção, do contágio ou dos germes, acreditar na inevitabilidade de acidentes ou em acidentes como um ato de Deus ou acreditar em qualquer influência destrutiva é meramente o resultado da ignorância. Você nasceu naquelas crenças, educou-se com elas, e essas crenças tornaram-se seu mestre, de modo que, se você se sentasse em uma corrente de ar gelado, teria que ficar resfriado porque tinha que seguir o padrão estabelecido de reação e se estivesse fora na estrada e encontrou um motorista imprudente, quase certamente você se machucaria. Nada disso foi culpa sua: foi devido à sua ignorância da lei espiritual.

Foto por Brady Knoll em Pexels.com

No momento em que você experimenta a sabedoria espiritual, toda a situação muda. Você não pode mais ser enganado pela ignorância em massa, nem ser vitimado por ela. Agora você sabe o que é a lei e que o princípio é a totalidade de Deus e o nada de qualquer outra coisa que afirma ser poder. Na medida em que você coloca poder em qualquer pessoa, nesse nível essa pessoa pode exercer poder sobre ou contra você. Na medida em que você percebe que todo poder está em Deus, na mente e na alma do indivíduo, então o único poder que qualquer pessoa pode exercer sobre você é aquele poder que emana de Deus. Você é o controlador do que acontece com você, não as pessoas em sua casa, seu conjunto social, comunidade ou mundo.

Se você acredita que é vítima da ingratidão de uma pessoa ou do benefício da gratidão de outra pessoa, você se responsabiliza por essas mesmas coisas. Se você acredita que é beneficiário de alguma bondade, benevolente e filantropia, mas também vítima da maldade de outra pessoa, você impõe essa lei a si próprio, porque tudo o que sai de sua consciência determina qual será a lei em sua experiência de vida, seja de discórdia ou harmonia, e ela irá manter ou destruir a integridade de sua existência:

Nenhum homem ou mulher tem o poder do bem ou do mal na minha experiência. O único poder que existe, está em e de Deus, que é a mente individual, a vida, a alma e a consciência. Portanto, toda pessoa que conheço é uma avenida de bem em minha experiência.

Há algumas pessoas que não se permitirão ser canaias para o bem em sua experiência, independentemente da medida de sua realização, mas essas pessoas são eventualmente removidas de sua experiência para um lugar onde elas não podem exercer qualquer poder com relação ao mal sobre você. Aqueles que entram em sua experiência com qualidades negativas são curados ou removidos.

Joel – Cartas do Caminho Infinito – Agosto de 1959.

Autor: CAMINHO INFINITO NA PRÁTICA - reggisbrother

Coach Místico. Não sou nada. Não busco nada de ninguém. Nunca serei nada e nem posso querer ser nada. Apenas compartilhando a Graça. Paz, fique calmo.

Nenhum pensamento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s