Duas Alianças

Há duas alianças: a humana e a divina, a mental e a espiritual, e não há absolutamente nenhum meio de o ser humano orar a Deus ou fazer contato com Deus. O único contato que pode haver com Deus é em silêncio, e isso não significa ausência de ruído. Significa o silenciamento da vontade humana e do desejo pessoal. Silêncio espiritual, “aquieta-te e sabe”, não tem nenhuma referência ao som. Ficar em silêncio significa não ter vontade ou desejo próprio. Mantenha sua humanidade quieta, e então esteja disposto a que a Graça de Deus preencha sua Consciência. Como aparecerá na forma exterior, você não terá como saber. É realmente um mistério, e como isso acontece, é um mistério ainda maior.

Quando o trabalho do Caminho Infinito começou na Califórnia, nenhum de nós acreditava que se estenderia para fora da Califórnia. Na verdade, foi uma surpresa quando o trabalho chegou até o norte da Califórnia e, quando estávamos trabalhando lá, nenhum de nós sonhava em sair daquele estado. Na verdade, foi uma grande surpresa quando fui convidado para Portland, Oregon! E assim tem sido desde então – uma surpresa. Somente um ato da Graça Divina poderia ter continuado a nos mover de um lugar para outro, até que o globo fosse circulado.

Quando você vai a Deus, deve ser sem pensamentos e sem desejo. Você vai a Deus para se sintonizar com a Graça de Deus e, seja qual for a forma tomada, é isso que você deve seguir.

 Sempre haverá um mundo dividido e um mundo mal sucedido, desde que as pessoas estejam orando por coisas, condições, pessoas. Eu sei, através do trabalho de cura, que você não pode orar por pessoas. Sempre foi horrível, para mim, pensar em Deus curando a Sra. Brown e a Sra. Smith, mas não curando a Sra. Jones. Não, no trabalho de cura, a pessoa que pediu ajuda está sintonizada com a sua Consciência e, quando você está sintonizado espiritualmente, ela está sintonizada espiritualmente, e recebe os benefícios dessa sintonização.

É por essa razão que multidões poderiam ser curadas, se as multidões se reunissem, na percepção de que o propósito da reunião é sintonizar-se com o Espírito, e não com um professor. Você deve esquecer quem é o professor e se unir, independentemente do nome ou da natureza do professor, não porque você acha que um determinado professor é espiritual, mas porque deseja se sintonizar. “Onde dois ou mais estiverem reunidos” em Seu Nome, em Sua Natureza, em Sua Graça, você vai descobrir que qualquer professor que tem ido além da fase de orar por coisas, circunstâncias, pessoas, vai servir ao propósito de trazer a Graça de Deus em expressão visível.

Lembre-se disto: o ser humano não recebe resposta de Deus. “Meu Reino não é deste mundo”. Esta tem que ser sua maior lembrança. Portanto, se você estiver indo para o Reino de Deus, deixe todos e tudo deste mundo fora de sua mente. Vá a Deus com: “Tua Graça é minha suficiência, mas também é Tua suficiência em todas as coisas”, e no silêncio, a Consciência é preenchida com o Espírito, e O Espírito é a substância de toda forma. Então você descobrirá que as formas necessárias à sua experiência imediata são reveladas.

No caso de Jesus, ele precisava de um jumento para o transporte, enquanto nesta época precisamos de passagens de avião ou um automóvel. Deus não conhece  diferença. Isso parece estranho, mas é verdade, assim como Deus não sabe a diferença entre os idiomas inglês, francês ou alemão. Deus é Espírito e, quando você recebe a Graça de Deus, você a interpreta da maneira que você conhece e entende. Em outras palavras, sua necessidade é sempre satisfeita no nível de sua interpretação imediata. Você pode imaginar Deus sabendo a diferença entre o terno de um homem e o vestido de uma mulher? No entanto, enquanto vivemos em sintonização, de alguma forma os homens recebem ternos e as mulheres recebem vestidos. É nossa interpretação da Graça Divina que está se desdobrando.

Muitas pessoas acreditam que podem orar quando vão caçar ou pescar, então a captura será mais abundante, uma abundância de animais ou uma abundância de peixes. Como você pode orar a Deus para destruir sua própria criação? Mas tais orações estão sendo proferidas todos os dias da semana, nas igrejas e nos templos… Você deve mudar o seu conceito de oração, e então você encontrará o caminho para trazer o Reino de Deus para a Terra, você encontrará o caminho para trazer o Reino dos Céus à Terra.

Se você seguir o assunto da oração, entenderá o verdadeiro significado da humildade.

A humildade não tem relação com a palavra como é geralmente entendida. A humildade deve ser entendida em sua natureza correta, antes que a oração possa ser eficaz. Humildade não é um sentimento ou uma emoção. A humildade é um reconhecimento da verdade de que a Consciência é a fonte e a atividade de tudo o que é. Portanto, a parte que desempenhamos na oração é uma atenção à Consciência, como se estivéssemos ouvindo. Esta é a verdadeira humildade e esta é a verdadeira atitude de oração, porque mesmo sem dizer isso, é um reconhecimento de que não é o sentido humano que tem poder ou que pode trazer saúde a alguém. Mas a Consciência que Eu Sou, expressando-se, revela-se como harmonia em toda e qualquer forma.

É a atitude de ouvir que estabelece o contato.

A oração que é sem desejo e sem qualquer coisa de natureza humana é essa escuta ou atenção àquela Consciência que está “mais próxima de mim do que o respirar” – exatamente aqui onde estou. E como eu estou ouvindo, eu ouvirei a Voz pequena e silenciosa ou eu sentirei a Presença. De alguma forma, eu geralmente sei quando o contato foi feito, mas não faz diferença se não houver resposta. É a atitude de ouvir que estabelece o contato. O contato foi feito e os frutos aparecerão, independentemente de você ter ou não conhecimento de uma resposta.

Você pode ir além: se por um período de tempo, e isso difere para cada aluno, você tiver de dez a quinze, vinte ou trinta períodos por dia, quando você voltar-se para dentro com “ouvidos de ouvir”, você acabará por se encontrar em um Estado de Consciência em que você não precisará se voltar para dentro e ouvir, porque ele estará sempre presente. É aí que você descobrirá que as pessoas lhe escreverão por ajuda, e a receberão antes mesmo que suas cartas cheguem na caixa de correio. Ou eles vão pensar em escrever ou telefonar, mas, antes que eles o possam fazer, eles são curados. Por quê? Apenas o pensamento de seu nome foi o suficiente para estabelecer o contato. Houve ocasiões em que as pessoas nos encontraram e, embora nenhuma menção ao Caminho Infinito tenha sido feita, suas vidas foram transformadas.

Nossa função é ter certeza de que não temos nenhuma ilusão de ir a Deus por qualquer coisa que tenha a ver com o reino material, porque Deus não tem conhecimento de tais coisas. Como você tem esses dez, vinte ou trinta períodos a cada dia para sintonizar a atividade de Deus, a atividade de Deus faz qualquer ajuste necessário em sua vida. Às vezes você recebe saúde, suprimentos, emprego ou relacionamentos felizes, mas isso é porque você não foi a Deus por saúde, suprimentos, emprego ou relacionamentos. Há apenas uma razão para ir a Deus, e ela é a Experiência de Deus. Então, ele desempenha sua atuação e produz harmonia em sua experiência, mesmo que às vezes seja uma reversão completa do que você tinha em mente.

Saiba disso: você não tem poder espiritual. Ninguém tem poder espiritual e ninguém afirma isso com mais clareza do que o Mestre, que disse: “Eu, de mim mesmo, nada posso fazer”. É a Consciência que Eu Sou, mas essa Consciência é “eu e você”, o Eu que eu sou, você é, e é por isso que Um com Deus é a maioria. Um em sintonia com o Espírito pode trazer paz e harmonia para toda a comunidade, porque o Eu que eu sou, você também é.

Você pode pensar que isso só é fácil de dizer e declarar porque estamos todos nesse caminho, mas posso dizer a você, por experiência, que é tão fácil quanto dizê-lo aos homens na prisão, porque a Consciência que Eu sou, eles são. Você está falando sobre a Consciência Invisível Infinita que você não havia reconhecido e percebido; mas uma vez que você reconheça e perceba que é a Consciência que Eu sou, então o único poder está na percepção de que este é um relacionamento universal.

É somente no grau em que continuamos em nossa humanidade que perdemos a plena realização da Harmonia Espiritual.

A Harmonia Espiritual é uma chave, e não se esqueça dessas duas palavras.

Você não pode rezar corretamente se as esquecer, porque a oração deve ser o desejo interior de Harmonia Espiritual – não a harmonia humana. Como saber o que é a Harmonia Espiritual? Não faz diferença o que é, mas você pode ansiar por isso e você pode ter fome e sede por isso, porque você sabe que é melhor do que até mesmo o melhor da humanidade.

A oração é uma atitude

Em alguns de nossos trabalhos, temos a oração do ponto de vista da atitude e da altitude, o que nos traz de volta a isso: a oração é uma atitude, e não tem nada a ver com palavras ou pensamentos. É a atitude de se abrir para Deus, ou de se colocar na posição de receber Deus. Há uma atitude e também é uma altitude. A verdadeira oração não tem nada a ver com palavras e pensamentos. É a obtenção de uma atitude de expectativa, de Unidade, de Ser – uma atitude de ser uma transparência. A atitude não pode ser mostrada melhor do que por Samuel: “fala Senhor, teu servo escuta”. Estas não são palavras, esta é uma atitude de oração, de escuta, de receptividade, uma atitude de humildade. É um reconhecimento de que há algo acima e além, mas “mais perto de mim do que minha respiração, e mais perto do que mãos e pés”. A oração, quando atinge seu ponto mais alto, é realmente uma atitude: “deixe-me ser preenchido”. É como tomar a atitude de ser o servo e tomar a atitude de ser o filho. Ambos servem, e ambos são obedientes. O servo serve ao mestre, e o filho é obediente ao pai, mas o Mestre e o Pai são Um. Existe a atitude em que você renunciou ao bem humano e à esperança humana. É uma atitude de renúncia ao desejo humano. É a atitude de expectativa da Harmonia Espiritual.

“Tua Graça é minha suficiência em todas as coisas”. Ninguém sabe o que é “Tua Graça”, contudo, quando você pode tomar a atitude de Tua Graça, sem saber a forma que ela vai tomar, esta não é apenas uma atitude, mas é também uma altitude muito elevada de oração. É o cumprimento da afirmação de Paulo, de que estamos despidos da mortalidade e revestidos da imortalidade. Você não pode ser revestido com a imortalidade enquanto busca mais mortalidade, então aqui está outra atitude de oração: “deixe-me estar despido e vestido”. A imortalidade nunca será provada pela idade de um indivíduo. A idade não prova nada. Há aqueles que, com cem anos de idade, estão vivendo a vida de vegetais, e há aqueles que passam muito cedo pela vida, que cumpriram suas vidas e suas vidas foram cumpridas plenamente. A oração não pode incluir um desejo de mais anos na Terra, porque isso também é de natureza terrena. Nada de uma natureza terrena pode entrar em sua atitude de oração, ou não será uma alta altitude de oração.

Ser capaz de fechar os olhos e abrir a Consciência para “Tua Presença” ou “Tua Paz” – esta é a atitude correta da oração. Então você se torna um espectador da vida. Essa é outra atitude, a de ser um observador, despertando a cada manhã e imaginando o que Deus tem em mente. Entre no ritmo de ser um observador, e você descobrirá que o Espírito preenche cada hora do dia com sua atividade, com algumas palavras do Espírito. A menos que você possa acreditar que existe uma substância invisível que chamamos de Consciência e uma atividade invisível da Consciência que está vivendo sua vida, não há como se tornar um observador. Não há como se tornar um observador, a menos que você possa perceber que existe uma Consciência Invisível Infinita que Eu Sou, e que está vivendo a minha vida. Lembre-se de Paulo: “vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim”. Uma vez que você possa sentir ou testemunhar que existe Algo Invisível vivendo sua vida e produzindo coisas em sua experiência que você não poderia ter trazido, você está vivendo uma vida de oração sem cessar, porque você está sempre olhando por cima do seu ombro para ver o que está acontecendo. Essa é a Consciência Invisível.

Até que você possa perceber que existe Algo, você não pode rezar corretamente; mas quando você pode fechar os olhos e saber que existe esse Algo, então você descobre que existem intuições internas para seguir e obedecer. Então, toda oração se torna uma atitude de escuta, de entrega, de assistir, porque a partir de então esse Algo vive a sua vida. Ele executa aquilo que lhe é dado para fazer.

Eu tinha acabado de terminar uma aula em San Francisco e estava voltando para Los Angeles quando ouvi distintamente uma voz dizer: “Ele realiza aquilo que me é dado a fazer”. Naquela época eu não sabia que essa passagem estava na Bíblia, mas, tendo um exemplar comigo, eu dei uma olhada e encontrei a passagem: “Ele cumpre a coisa que é designada para mim”. Então outra passagem da Bíblia veio: “o Senhor aperfeiçoará aquilo que me diz respeito”. Não tinha ideia do que ia acontecer, mas quando cheguei ao meu escritório em Los Angeles, encontrei um telefonema de longa distância me esperando, de Honolulu. Foi de um amigo que estava muito doente, perguntando se eu poderia ir imediatamente. Sim, eu poderia ir de uma vez porque “Ele faz a coisa que é designada para mim”. Pouco depois chegou um telegrama: “Você já veio ao Havaí? Acabamos de encontrar seus livros e gostaríamos de receber instruções. ”Minha resposta foi: “Estou a caminho!” “Ele cumpre a coisa que é designada para mim”. “ O Senhor aperfeiçoa aquilo que me diz respeito”. Assim começou toda a minha história aqui no Havaí.

Quando você está vivendo a oração da atitude correta, ela se cumpre. A mesma Presença que traz a demanda a satisfaz. É por isso que o Mestre disse: “eu, de mim mesmo, nada posso fazer … Se eu testemunho de mim mesmo, meu testemunho não é verdadeiro. O Pai dentro de mim, ele faz as obras”. Em outras palavras, não é o sentido humano do “eu” – é essa Consciência que Eu Sou. Lembre-se de que o ser humano é o filho da serva; mas no momento em que você não tem desejos humanos, no momento em que você tem o despertar, que é uma busca da Verdade Espiritual, Graça Espiritual, Paz Espiritual, então você é o filho da mulher livre. Então você está sob a Graça, e não há leis materiais ou mentais sobre você. Você está então vivendo pela Graça: “Tua Graça é minha suficiência em todas as coisas”.

Joel – do livro “Consciência transformada



Categorias:Estudantes do Caminho Infinito

Tags:, ,

3 respostas

  1. 🌹🌹🌹AloHa 🌹🌹🌹

    Enviado do meu iPhone

    Curtido por 1 pessoa

  2. Magnitude Superna da liberdade do Espírito humilde ORANTE, q está Superconsciente q é filho da mulher DEUS-Mãe
    (IMACULADA Conceição) virtuosa LIVRE. Na altitude e atitude, a GRAÇA extraordinária precisa TOMA TODOS lugares. Só HÁ REALIDADE DIVINA! Nunca houve REALIDADE HUMANA. Maior revelar desde d SEMPRE! Agradecida extremamente pelo emanar Sacratíssimo da elevação da real existência ESPIRITUAL ilimitada! LIVRES SOMOS de qualquer traço humano. Voando ALTÍSSIMO em flutuação no EU q SOU. Aterrisou! Aliança UNA inquebrantável.

    Curtido por 2 pessoas

  3. ETERNA GRATIDÃO !!!
    ________________________________

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: