Agitações da Alma

Sentada sozinha em uma charmosa casa no sul da Alemanha, em julho de 1964, e olhando para as imponentes montanhas à distância parcialmente encobertas por uma névoa roxa, a introspecção veio facilmente, e com ela uma pergunta: Por que eu?

Por que, dentre milhões de pessoas no mundo, eu era uma das poucas a ter o privilégio de conhecer e ser capaz de passar tantos dias, semanas e meses nos últimos 15 anos? com este grande mestre espiritual?

brown and white wooden house on green forest
Foto por Pixabay em Pexels.com

A resposta a essa pergunta insistente voltou rapidamente: “Porque Joel Goldsmith era parte integrante de sua consciência”.

Não é de surpreender que tal pergunta tenha ocorrido naquele momento. Apenas algumas semanas antes, eu estava na suíte de Joel Goldsmith em Londres com sua esposa Emma e dois outros estudantes quando ele fez a transição, sua graduação em outra experiência. Depois disso, o trabalho de completar sua aula e horário de palestras na Europa me foi dado como uma responsabilidade a ser cumprida.

Percebi então por que, por tantos anos, havia uma proximidade e um profundo entendimento entre Joel e eu que nenhuma tempestade poderia dissolvê-la. Eu nunca poderia estar separada do que é minha consciência, uma verdade universal aplicável para cada pessoa.

De nossa primeira reunião em Chicago, Joel contou mais tarde a um pequeno grupo de seus alunos especiais que eu (Lorraine Sinkler) havia encontrado O Caminho Infinito em sua primeira viagem de palestra lá em 1949, que naquela época tive uma experiência espiritual e a partir de então me tornei cada vez mais associada ao trabalho, finalmente desistindo a minha carreira profissional como educadora para se dedicar ao Caminho Infinito, editando a Carta Mensal e todos os escritos publicados do Caminho Infinito.

Quando conheci Joel Goldsmith, nunca havia lido uma palavra do que ele tivesse escrito, nem sabia nada sobre ele, exceto que me disseram que ele era um professor de sabedoria espiritual. Na minha busca, eu já havia conhecido muitos antes, então minhas expectativas não eram muito grandes. Ao apertar a mão dele, um olhar superficial estava longe de ser reconfortante. Ali estava um homem baixinho, rechonchudo, corpulento e despretensioso, que bem poderia ter sido qualquer coisa, exceto um professor espiritual. Ele tinha uma mecha de cabelo preto salpicado de alguns fios cinzentos, usava uma gravata preta formando uma pequena gravata borboleta com as pontas penduradas, o que eu considerava sua marca registrada. Seu terno era aquele de um homem de negócios bem sucedido.

Captura de Tela 2018-05-24 às 20.16.22

Uma segunda olhada para ele, e me encontro olhando nos olhos escuros e penetrantes que me seguravam. De alguma forma ele parecia estar olhando através da fachada externa para o meu ser mais íntimo. Enquanto nos sentávamos em silêncio absoluto pelo que parecia ser uma esperteza, embora fosse apenas por um momento, havia um reconhecimento de um vínculo que foi forjado vidas atrás, e eu sabia que minha busca havia acabado e eu estava em casa. Nós meditamos e depois conversamos animadamente por uma hora sobre o objetivo da iluminação total e a possibilidade de atingir esse objetivo.

Joel sempre se interessou por estudantes com formação em Ciência Cristã por causa de seus 16 anos como praticante da Ciência Cristã, período em que se tornou amplamente conhecido por seu trabalho de cura. Eu havia me juntado a uma filial da Igreja Ciência Cristã em Chicago quando eu tinha 12 anos e frequentava a Escola Dominical até os 20 anos. Joel riu quando eu disse a ele que me interessei pela Ciência Cristã quando criança e queria ler seu livro Ciência e Saúde porque gostava da sensação e do cheiro da encadernação em couro de Marrocos e do fino papel da Índia. Eu compartilhei a gratidão de Joel por seus ensinamentos porque, por cerca de 25 anos, eles me levaram através de muitos períodos difíceis e ruins.

Então dúvidas sobre certos aspectos começaram a surgir em minha mente. Eu me encontrei concordando com um homem que me disse que eu era inteligente demais para “cair” por qualquer coisa “religiosa” que ele considerava um mecanismo de escape. Insisti que qualquer fuga que eu pudesse procurar enfrentaria problemas as quais encontrei na música. No entanto, as dúvidas aumentaram e eu me vi imersa no mundo ético, mas espiritualmente árido, do agnosticismo. No entanto, um alicerce firme havia sido estabelecido e sempre que quando parecia que uma crise se aproximava de mim, eu me via dizendo: “Deus é o único poder”, encontrando conforto e coragem nessa declaração.

Despejei para Joel algo dos caminhos pelos quais minha busca pela iluminação me levara. Conversamos sobre Ramakrishna e Vedanta, e meu particular swami vedantista, Vishvananda, e também sobre Yogananda, Gurdjieff, Novo Pensamento, Teosofia e Alice Bailey e a Escola Arcana. Os comentários de Joel sobre esses professores e ensinamentos foram honestos, francos e diretos.

Expliquei que estava meditando regularmente com Swami Vishvananda e estudando na Escola Arcana. Um livro, “From Intellect To Intuition”, (Da Intelecto para a Intuição) de Alice Bailey, teve um efeito tão profundo sobre mim que escrevi para sua sede para mais informações e aprendi sobre a Escola Arcana estabelecida por Alice Bailey como uma organização cujo propósito principal era o desdobramento da alma com a meditação. Isso foi exatamente o que eu estava procurando. Cada aluno da escola enviava relatórios mensais regulares a uma secretária relatando experiências de meditação e qualquer outra coisa pertinente.

Na minha primeira meditação seguindo a forma prescrita, um contato com a Presença foi feito. Não houve experiência de fenômenos associados a ela, mas uma tremenda quietude interior e uma sensação de plenitude e satisfação a partir daquele momento. Aquele “Algo” havia assumido. O que tinha sido uma pessoa tímida e pacata tornou-se a voz de todos os professores do distrito, falando à grupos de várias centenas de pais da comunidade, no interesse das crianças e dos professores. Houve 7 anos frutíferos na Escola Arcana, embora nunca tenha tido contato direto com ninguém, exceto minha secretária e isso apenas pelo correio. Quando eu escrevi para ela se demitindo da Escola Arcana, a resposta dela para o efeito de que eu fui de fato abençoada por ter encontrado o caminho para mim foi a evidência da amplitude e profundidade de sua consciência. Durante os 7 anos de estudo na Escola Arcana, a meditação se tornou uma parte importante da minha vida e, uma experiência gratificante e frutífera. Nessas meditações, eu havia seguido uma forma particular, que incluía meditação sobre um “pensamento-semente” diferente a cada mês.

Quando contei isso a Joel, ele me instruiu a abandonar o formulário que eu estava usando e  fazer a minha meditação: “eu e meu Pai somos um”.

As instruções adicionais de Joel eram para começar a ler seus escritos, dos quais eu não havia lido uma única palavra até aquele ponto, pegar alguns dos escritos de Ramana Maharshi, o Sábio de Arunchula, e depois de estudá-los para escrever para ele.

Naquela noite, comecei a ler avidamente a edição mimeografada do Livro de Joel: “Deus A Substância de Todas as Formas.” Antes de terminar, telefonei para minha irmã Valborg dizendo animadamente: “É isso! Você sabe o que isso diz? Nada pode ser acrescentado a você; nada pode ser tirado de você: você está eternamente completa e plena”. Foi uma percepção que surgiu com tremenda força e clareza. Até hoje canto a canção da Auto-completude em Deus. Três semanas se passaram depois daquele encontro com Joel antes que minha primeira carta para ele fosse escrita.

Minha meditação seguiu aproximadamente uma linha como esta: “Não sou o corpo físico. Eu não sou o corpo astral ou emocional. Eu não sou o corpo mental. Eu sou o Espírito puro, e este Espírito que eu sou flui para dentro desses corpos que são meus veículos de expressão no plano físico, preenchendo o corpo mental com sabedoria, todo conhecimento, etc., em meu corpo emocional, preenchendo-o com uma vibração de amor magnético, abrangente, que aquece, abençoa e cura; em meu corpo físico, se expressando em atividade e inteireza.” Essa é a substância da minha meditação. Às vezes, na verdade, geralmente, tomo um pouco de pensamento-semente e também me debruço sobre isso, buscando iluminação. Eu ficaria muito grata por suas críticas e sugestões, pois acredito que a meditação é o método pelo qual alcançamos a iluminação. É uma parte muito importante e necessária do meu dia. Eu tentei divorciar-me o máximo possível do meu período de meditação de qualquer consideração de problemas pessoais e tive sucesso exceto quando sob grande estresse.

Eu não posso ser grata o suficiente para você ( Joel ) pelo conceito de que tudo está dentro – o universo está envolvido em nossa consciência – e, consequentemente, tudo flui de nós e não para nós. Isso gerou uma profunda mudança no meu pensamento. Eu olho para o mundo com uma nova perspectiva, com uma visão de alegria e beleza. Não sei se o problema que mencionei a você existe ou não. Se isso acontecer, não me incomoda mais. Mais uma vez estou livre e sem medo. Eu saio cheio de alegria e felicidade. Minha entrevista com você fez isso para mim. Obrigado….

Espero que você entenda minha escrita a tal ponto. É porque eu sou uma buscadora e reconheço o quanto você tem que me ensinar. Sou paciente e continuarei estudando e meditando. O “Eu e meu Pai somos um”, levando à meditação “Quem sou eu” e “De onde eu sou” acho difícil e menos satisfatório do que a forma a que me referi, mas seguirei suas instruções com prazer. Obrigado por me abrir esta vista maravilhosa do Caminho Infinito.

Minha sincera gratidão,

  Lorraine Sinkler

sinkler_lorraine

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: