ORAÇÃO TRAZ A CONSCIÊNCIA DE UMA PRESENÇA INTERIOR

Alguns reclamam que isso não é absoluto o suficiente, que é dualidade. Eu me declaro culpado por isso. Não me levantei tão alto que terminei com Deus, nem me desfiz de mim mesmo, por isso ainda parece haver um “eu” e Deus. Mas não hesito em entrar em comunhão.

De fato, eu estou em tais termos com Deus que às vezes eu posso ter uma pequena briga com Ele. De vez em quando eu me aproximo e digo: “Deus, é melhor você me escutar, ou eu vou sair para algum lugar e te deixar sozinho, e você sentirá minha falta”. Ele parece entender, e então eu pego um sorriso lá dentro e digo: “Tudo bem, nós inventamos. Estamos de volta. Mas você estava me negligenciando!”

Há alguns que também encontram defeitos nisso, mas existe essa comunhão interior, esse sentimento interior de uma Presença. Eu sei muito bem que não estaria na Terra se não houvesse Deus para se expressar como Eu. Eu sei que nunca poderia estar em um caminho espiritual se algo maior que eu não tivesse me dirigido e mantido meus pés no Caminho quando outras tentações viessem. Portanto, não hesito em reconhecer que existe uma Presença divina e, se às vezes pareço estar perdendo a marca de alguma forma, me aproximo e digo: “Você sabe, você me colocou aqui. Agora não volte atrás em mim!”

Houve momentos durante as aulas em que senti que não havia mais nada a dizer, e tive de me voltar: “Bem, Pai, agora você sabe que algo tem que ser dito. Você tem que dizer isso”. De alguma forma ou de outra, vem, mas eu definitivamente sei porque. Eu sei que sou um instrumento. Eu sei que aqueles que estão na aula são instrumentos. Eles não estão lá porque querem humanamente estar lá. Algo maior que a personalidade humana mantém a pessoa no caminho espiritual quando parece não haver fruto ou quando parece não haver resposta do Pai. No entanto, ele não pode deixar o Caminho. Talvez seja porque surge a pergunta:

“Para onde devo ir?”

Então ele fica!

photo of man sitting on a cave
Foto por Marius Venter em Pexels.com

Joel Goldsmith

Capítulo 12 – VIVENDO PELA ORAÇÃO – ORAÇÃO TRAZ A CONSCIÊNCIA DE UMA PRESENÇA INTERIOR – DO LIVRO: A ALTITUDE DA ORAÇÃO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: