O Fruto de um Estado Consciente da Consciência de Deus

A passagem na iluminação espiritual encontrada no frontispício de todos os livros do Caminho Infinito significa que estamos unidos uns com os outros, se assim formos consciente, mantemos nossa unidade com Deus. O tema das Notas Metafísicas: “Minha unicidade consciente com Deus constitui minha unicidade com todo ser e ideia espiritual individual”, é literalmente verdadeiro. Quando esse Espírito de Deus está sobre nós, não somos apenas um com Deus, mas somos um com toda a criação espiritual – humana, animal, vegetal e mineral. Nós somos um com aqueles que estão em sintonia conosco, e qualquer que seja o grau de elevação que somos ou temos, eles experimentam. É por isso que os estudantes em todo o mundo estão recebendo algum benefício do meu estado de consciência espiritual, mas isso é apenas para que a natureza desse contato e o que ele possa fazer possa ser revelado a eles, para que eles também se esforcem para alcançar esse contato consciente interno.

A primeira indicação de que você alcançou contato consciente com o Pai interior não é meramente a medida da harmonia que vem a você, mas provavelmente mais significativa do que isso são as harmonias que você é capaz de trazer para os outros.

Foto por Sharefaith em Pexels.com

Você ainda pode pensar que há pouquíssima harmonia em sua vida, mas certamente nenhum de nós deveria querer se livrar de um problema até que o problema seja substituído por uma consciência da perfeição. Há pouco sentido em ser fisicamente saudável, se você estiver em um estado de consciência que fará com que você fique doente novamente amanhã. Não adianta acumular uma quantia enorme de dinheiro, se você ainda estiver no estado de consciência, onde poderá estar faltando amanhã. Assim, o passo mais importante é a obtenção da consciência do bem e, em seguida, a saúde, o suprimento, a companhia ou o que quer que se desdobre como consequência.

A tentativa de obter saúde, suprimento financeiro, companheirismo, ou algo mais, continuará sendo uma barreira para sua demonstração espiritual. Ao passo que, libertar-se do desejo de alcançar qualquer condição de vida, de modo que você possa se dedicar de todo coração a alcançar a consciência da Presença, acabará resultando em alcançar um contato consciente com sua Fonte. Daí em diante, você não terá nenhuma demonstração para fazer porque o que for necessário flui dia a dia conforme necessário, e muitas vezes com doze cestos cheios sobrando.

A demonstração de coisas e condições não é nosso trabalho: Nosso trabalho é alcançar essa consciência interior, aquela quietude interior e paz, e então deixar que Ela realize seu trabalho.

Não espere frutos na experiência externa, exceto em proporção à obtenção dessa paz interior, e mesmo se você tiver demonstrações maiores do que você poderia imaginar, não fique muito feliz com elas, porque elas são apenas uma consequência natural de uma realização interior. Aproveite as coisas do mundo exterior – é para isso que elas servem. O Mestre nunca teria ensinado que você tem direito à realização e que é o prazer do Pai dar a você todas as coisas boas neste mundo, se ele não quisesse que você desfrutasse delas, mas nunca se envolvesse com as coisas como tais. Lembre-se sempre de que a fonte de toda alegria e satisfação é a obtenção do Espírito, e então você não ficará preso a pensar que as coisas em si mesmas são alguma coisa.

Nunca se separe do seu bem acreditando que as harmonias que entram em sua experiência, ou a experiência daqueles ao seu redor, são outras que não os frutos do seu estado da consciência de Cristo alcançado. Não cometa o erro de acreditar que Jesus Cristo é um Filho de Deus nascido e, portanto, separado e afastado de todos os outros homens, nem o erro metafísico de separar Jesus de Cristo, dizendo: “Oh, Jesus não fez esse milagre— o Cristo fez. ” Nunca separe Jesus do Cristo, porque sem Jesus, não haveria Cristo visível na Terra naquela época.

Muitos praticantes acabaram perdendo o seu caminho fazendo declarações como: “Eu não tive nada a ver com essa cura – Deus fez isso”. Isso imediatamente os separa de Deus. Na verdade, não existe tal Deus como o Deus de quem eles estão falando, porque o único Deus operando é o seu estado de consciência do Cristo alcançado e realizado.

Foto por Burst em Pexels.com

Então com você. Quando você é o instrumento de cura, tentar separar a cura da atividade de sua consciência é estabelecer um Deus separado e afastado de você. Se seus pacientes não tivessem encontrado você, onde eles estariam? Eles poderiam ter encontrado um Deus separado e afastado de você? Não, não havia Deus em pé na esquina da rua, e não havia um Deus sentado em sua casa. Eles encontraram a harmonia quando encontraram você, porque você sabia que: Eu e o Pai somos conscientemente um; você sabia que: onde você está, Deus É, e onde Deus está, você É, com relação a Deus e você é indivisível e inseparável.

Se eu fosse o instrumento através do qual uma cura chegasse até você e, quando expressasse gratidão pela cura, Se eu dissesse a você: “Não me agradeça. Eu não fiz isso ”

Você pode muito bem responder: “ Bem, então, como é que isso não aconteceu antes de eu encontrar você?”

Você sabe a resposta. Consciência de Deus realizada é o segredo. Todos são um com Deus, mas, apesar disso, não podemos nos voltar para alguém que encontramos na rua e receber a cura através dele.

A razão pela qual a pessoa da consciência de Deus realizada é conscientemente uma com Deus não é porque ele declara isso, mas porque ele primeiro acreditou e aceitou como uma afirmação correta e depois começou a alcançá-la.

Você é um com Deus. Sim, claro que você é, mas isso não vai curar ninguém.

Primeiro, você deve conscientemente aceitar esse relacionamento e, em seguida, você deve começar a alcançá-lo. Quando você sentiu essa Presença, você é tão completamente um com Deus que você não pode separar o Cristo de si mesmo. Quando você é conscientemente um com Deus e tem a consciência dessa Presença, as bênçãos fluem.

Não tente separar Jesus e o Cristo. Reconheça que o Cristo e Jesus são um, e que tudo o que o Cristo é, Jesus é – por causa da Unidade. Tu vês a Jesus, tu vês o Pai que o enviou. Essa é uma verdade universal sobre cada um de nós em proporção à nossa conquista da consciência dela. “Eu e meu pai somos um. . . o Pai que habita em mim, ele faz as obras ”.

Não se separe do Pai dizendo: “Eu não tive nada a ver com a cura”. Claro que você fez. Muitos de vocês estão dedicando toda a sua vida a fazer as obras de Deus; muitos de vocês estão dando todo momento consciente para esse propósito; muitos de vocês estão dando a si mesmos – coração, alma, mente e dinheiro – a isso. Como então você pode honestamente se virar e dizer: “Eu não tive nada a ver com isso”, quando toda a sua vida é com a esperança, a ambição e o objetivo da Realização. Nunca cometa o erro de separar-se de Deus, mas nunca acredite que a menos que você esteja conscientemente na Presente de Deus, você é outra coisa senão um ramo que é cortado. O ramo separado de sua Fonte não pode esperar frutos espirituais.

Quando você é um com o Pai e quando você diariamente se estabelece nesse relacionamento, então qualquer coisa que você pode esperar de Deus pode ser esperado de você. Mesmo que esteja ressuscitando os mortos, é possível para você – em proporção a essa unidade com o Espírito.

Quando o Espírito do Senhor Deus está sobre você, então você é ordenado a trazer harmonia a este mundo em virtude desse contato e dessa unidade.

Joel – Cartas do Caminho Infinito – Novembro de 1959

Autor: CAMINHO INFINITO NA PRÁTICA - reggisbrother

Coach Místico. Não sou nada. Não busco nada de ninguém. Nunca serei nada e nem posso querer ser nada. Apenas compartilhando a Graça.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s