O Significado do Natal

Para entender completamente o significado do Natal, é preciso entender a natureza de Deus e a função do filho de Deus.

A natureza de deus
Qual é a natureza de Deus? Deus é eterno; Deus é infinito. Deus é o mesmo ontem, hoje e para sempre. O que é, sempre foi e sempre será. E uma vez que você e o Pai são um, a natureza infinita do ser de Deus é o seu ser. Tudo o que o Pai possui está estabelecido em você: Sua sabedoria, Sua mente, Sua glória, Sua graça, Sua presença, Seu ser. O próprio fôlego de Sua vida é o fôlego de sua vida, porque “Eu e o Pai somos um”.
Visto que Deus é eterno, visto que Deus é de eternidade a eternidade, visto que o que Deus fez é para sempre – então o filho de Deus está em toda a consciência humana desde o início. A humanidade teve em sua própria alma a paz divina e a graça de Deus; portanto, desde o início, o filho de Deus está no meio de cada indivíduo já criado. Dois mil anos atrás, quando Cristo, o filho de Deus, nasceu, não era o começo. O que aconteceu há dois mil anos foi a revelação de uma experiência contínua por toda a eternidade.

O Natal é a revelação feita há dois mil anos que Deus plantou em cada consciência humana desde o início a semente que deveria evoluir como Seu Filho. Esta semente – uma influência espiritual, um poder espiritual – que evolui como o filho de Deus foi plantada na consciência de cada indivíduo que já nasceu na experiência humana. Ninguém escapa disso. Ninguém jamais existiu, ou existe agora, ou existirá, sem que essa semente tenha sido implantada em sua consciência e que se desenvolve como filho de Deus em você.
Esta semente que está enterrada dentro de nós permanecerá uma semente para sempre, sem se desenvolver ou evoluir até que receba nutrição. Esse alimento é o reconhecimento.

No momento em que olho para você e percebo que dentro de você está o filho de Deus, no momento em que reconheço o filho de Deus em você, eu me torno o alimento, o sol, a chuva dessa semente para você. Cada vez que vemos um indivíduo e percebemos – sem expressá-lo, sem escrevê-lo – “ali também está a graça de Deus, ali também está o filho de Deus, a graça de Deus está nele”, então nos tornamos uma “luz para o mundo. ” Ao reconhecer o Cristo que habita em seu amigo e inimigo, você libera o esplendor aprisionado.

Portanto, ore por seus inimigos. Ore por aqueles que abusam de você. Ore por seus inimigos percebendo: lá vai também o filho de Deus, a semente plantada no meio deles. O reconhecimento daquela semente dentro dele é o próprio cultivo de que ela precisa para se desenvolver no filho de Deus e gerá-la.

A Função do Filho de Deus
A função do filho de Deus nos foi revelada claramente há dois mil anos no ministério de Jesus Cristo, quando ele disse: “Eu vim para que [vós] tenhais vida, e que [vós] a tenham em abundância”, “Para que tenhais a vida eterna”. O filho de Deus é todas essas coisas, e o filho de Deus está no meio de vocês. O filho de Deus foi plantado em você para que você tenha paz, que você tenha uma vida mais abundante, que você possa encontrar dentro de você tudo o que o Pai possui. “Filho, tu estás sempre comigo, e tudo o que Eu tenho é teu.”
Deus plantou a sua própria semente em cada um de nós, a semente que brota como o filho plenamente desenvolvido de Deus, cuja missão é que possamos conhecer a realização, para que nossas vidas sejam cumpridas, para que possamos anunciar o reino e a glória de Deus.

Esse é o segredo do significado do Natal. A Sua realidade divina, o Filho de Deus em você, o Santo Graal que você está procurando está dentro de sua própria consciência. Toda a sacralidade, a eternidade, a imortalidade do Filho de Deus está estabelecida dentro de você. Quando você entende a natureza daquilo que é inerente a você e que aguarda sua Ressurreição em você para sua redenção, sua salvação, seu funcionamento como filhos de Deus na terra, este é o Natal – esta é a missa de Cristo – quando percebemos que somos enviados para mostrar toda a glória de Deus!

Joel – Cartas do Caminho Infinito – “Nossa Única Liberdade” – Trecho do Capítulo 12



Categorias:Ensinamentos Joel S. Goldsmith

Tags:, , , ,

1 resposta

  1. Embrionária VERDADE CRÍSTICA Reinante! Agradeço em Glória por estar Superconsciente do real Natal constante evidenciado em mim e em TODOS meus irmãos. A missa do CRISTO Ascendido é Subeternidade constatada na filiação da ancestralidade ESPIRITUAL. AMANDO o CRISTO em TODOS! Feliz TUDO no todo aos cidadãos do Paraíso imutável em VIDA! Muitíssimoooo CONTENTADA em afeto ETERNO.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: