Sugestões para Trabalho de Cura (2/5)

Cartas do Caminho Infinito – Novembro de 1955

Provavelmente nunca antes na história tantas pessoas concordaram que o que estamos mostrando ao mundo não é o ensinamento ou a religião pessoal de alguém, separado e à parte dos ensinos básicos de Deus, mas sim, que estamos mostrando diante do próprio Espírito de Deus. A sabedoria de todas as épocas está mais uma vez vindo à luz na consciência humana, e pela primeira vez literalmente milhões estão sendo contados e ensinados sobre . . . sua divindade individual. Deus é seu ser, sua mente, seu espírito. Deus é a única lei, a única atividade. Deus é o que nos une, a fim de que tudo que abençoe, abençoe a todos. Seja qual for o Espírito, a Presença ou o Poder de Deus é manifesto em minha experiência individual, torna-se sua experiência individual no momento em que nos unimos conscientemente e como um. Isto é verdade para todo aquele que pode abrir a consciência para essa realização. Vamos todos nos unir na percepção de que estou no Pai e o Pai está em mim e que, portanto, você está em mim e eu estou em você, e estamos todos juntos no Pai, unidos em unidade. A luz dessa sabedoria está entrando na consciência humana por todo o globo terrestre, apressando o dia em que o Reino dos Céus virá à Terra.

        Um dos pontos mais vitais em toda a Mensagem do Caminho Infinito, e um que é repetido uma e outra vez em todos os Escritos, é a . . . natureza do erro. Este é um ponto do qual as Igrejas do mundo devem finalmente concordar, porque é isso que impede que suas orações sejam orações de cura. As orações da Igreja não podem curar porque a doença e o pecado não existem como condições e, portanto, orar a Deus não é o caminho para curá-los. Deus não pode curar ou remover aquilo que não existe. Condições negativas não existem – elas só operam em proporção ao nosso reconhecimento delas e à nossa determinação em combatê-las. É somente quando relaxamos na realização de nossa união em Deus, de Deus, como um com Deus; somente quando descansamos na percepção de que Deus é ser individual e identidade, e mesmo a substância do corpo – somente então podemos dar o próximo passo no entendimento de que a condição negativa não existe, mas que elas existem apenas como crenças universais que individualmente estamos aceitando. Se você ainda está aceitando doenças e condições negativas, há trabalho para você fazer, e isso é rejeitar tais crenças, não lutando contra doenças ou resistindo a condições pecaminosas ou negativas, mas conscientemente percebendo que nem doença nem pecado tem entidade, substância, lei. ou continuidade.

A maioria das pessoas não percebe que elas dão realidade às próprias condições das quais desejam ser livres. Por mais que eles gostariam de estar livres de pensamentos e condições erradas, eles persistem em demonstrar mais do negativo do que do positivo. Como exemplo, eu gostaria que você me seguisse nesta ilustração: Vamos fingir que alguns de nós estão reunidos para uma conversa informal em um restaurante quando o telefone toca e você ouve: “Acabei de receber uma mensagem dizendo que Joel está muito doente. . ”

Qual é a sua resposta?

Você me vê, me ouve e, a julgar pelas aparências, sabe que é um boato e não se perturba um pouco.

adult business businessman businesswoman
Foto por rawpixel.com em Pexels.com

No entanto, suponha que eu não estivesse no restaurante reunido com você quando a ligação foi recebida?

Sem dúvida você teria dito: “Joel nos ajudou, agora vamos ajudá-lo”, e então todos teriam tentado ajudar – mas teria sido um boato. Mesmo se eu estivesse doente e você tivesse alguma ideia de que você tinha o poder de trazer uma cura, você teria sido incapaz de me ajudar a menos que você fosse capaz de dizer: “Isso é apenas um boato.” Se você pudesse aceitar, apesar disso . . . das aparências, a verdade de que é apenas um boato, eu teria uma cura instantânea, porque a sua afirmação é apenas um boato teria sido baseado em seu reconhecimento espiritual que eu não tenho vida à parte de Deus, nem Mente, nem Alma , sem Espírito, sem ser, sem corpo separado de Deus; e, portanto, qualquer coisa que não seja a verdadeira de Deus seria rumor, aparência, crença falsa.

        É exatamente dessa maneira que damos poder aos pecados e doenças que nos afligem. Quando o rumor vem na forma de uma dor no corpo, ou de outra pessoa, aceitamos isso como um fato sobre o qual devemos fazer alguma coisa. Isso, por si só, desonra a Deus, porque se há algo a ser feito que Deus já não tenha cuidado, não há muito o que se possa fazer. Quaisquer que sejam as discórdias que estamos sofrendo, e quaisquer discórdias que não encontremos para aqueles que se voltam para nós, são devidas ao fato de que estamos aceitando rumores como fatos e, em seguida, tentando fazer alguma coisa sobre eles. Toda discórdia surge como uma aparência, uma sugestão ou uma tentação para aceitar uma individualidade à parte de Deus, para aceitar uma condição à parte de Deus.

three caminho infinito joel goldsmith
Foto por rawpixel.com em Pexels.com

        Todo o segredo da cura está em uma palavra – “reação”. Se, quando um chamado pede ajuda, você reage com um sorriso e diz: “Boato, tentação, aparência, tolice”, belas curas são realizadas. Mas no momento em que você responde com preocupação, como se realmente houvesse algo a ser superado, removido, resistido, refutado, nesse grau você aceitou a batalha, e uma vez tendo assumido o gramado, você terá que lutar até o fim. É por essa razão que muitas vezes lutamos com condições físicas, mentais, morais ou financeiras por longos períodos, porque não as estamos tratando como rumores a serem desconsiderados, mas como condições que devem ser superadas. Mesmo que você veja com seus olhos e ouça com seus ouvidos, isso não significa que é um fato. É uma imagem, uma aparição, um boato. Visível ou audível, ainda é uma crença mundial aparecendo para sua aceitação ou rejeição. Sempre que você recebe uma ligação, seja do seu próprio corpo ou de um paciente ou de um estudante, o imediatismo de sua reação e a habilidade resultante de descartá-la como um boato é o grau de cura que se realiza.

Fim da Parte 2/5 – Sugestões para Trabalho de Cura – Novembro 1955 – Cartas do Caminho Infinito

Um comentário em “Sugestões para Trabalho de Cura (2/5)

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: