ESPÍRITO PREENCHE O VÁCUO DO eu HUMANO

No momento em que nos esvaziamos de nós mesmos e abrimos espaço para o Espírito, o Espírito está presente. Então podemos realmente ouvir estas palavras:

“O Espírito do Senhor está sobre mim, porque Ele me ungiu para pregar o evangelho aos pobres; Ele me enviou para curar os quebrantados de coração, para pregar livramento aos cativos, e para recuperar visão para os cegos, para libertar os que estão feridos.”

Essas palavras são ditas de geração em geração, como se fossem um registro perpétuo que se passa no ar, mas só podem ser ouvidas no silêncio por aqueles receptivos.
Quando o Espírito de Deus habita em nós, então nos tornamos filhos de Deus. Quando é que o Espírito de Deus habita em nós?

Ele tem habitado em nós de eternidade a eternidade, mas a partir do momento em que reconhecemos isso, nosso vazio e nossa compreensão disso, ele funciona conscientemente como nossa vida.

Me preencha. Deixe que a Tua mente seja a minha mente; deixa a Tua vida ser a minha vida; deixe Teu espírito ser meu espírito.
Deixe-me estar vazio para que Tu possa entrar, e sempre com a percepção de que, se houver alguma falha oculta em mim, eu serei purificado e estarei disposto a me render.

Então observamos o milagre em vidas transformadas porque não somos agora um ser humano que conhece alguma verdade.

Estamos agora esvaziados de ser um ser humano e nos tornamos divinos em virtude do Espírito de Deus que habita em nós. Não podemos influenciar Deus a curar alguém, salvar alguém ou realizar milagres. Mas se rendermos nossa mente, corpo, alma e consciência para que ela seja preenchida com a presença de Deus, Deus nos moldará à Sua vontade, que é a vontade do bem, harmonia, saúde, totalidade, e perfeição.

Quando nos entregamos a Deus, Deus nos fará à Sua imagem e semelhança, que é a imagem e semelhança de saúde, harmonia, abundância e alegria. Às vezes, somos apenas capazes de provar que o maná se apaixona por apenas um dia de cada vez, que existe uma suficiência dia a dia em que estamos para o que precisamos. Mas de qualquer maneira que venha, não vai além da vontade. Será que estou cedendo à vontade de Deus a fim de que possamos ser influenciados por Deus.
Devemos entregar nossa vontade à vontade divina e deixar que a presença e o poder de Deus nos façam como quiser. Devemos nos render, se necessário, até mesmo a nossa vontade de sermos saudáveis. Devemos entregar todo desejo pessoal, nos abrir completamente e convidar o Pai:

Me preencha; Me preencha. Deixe Teu Espírito estar presente em mim. Deixe o trabalho que Ele vai fazer. Deixe comigo o que for.

reggisbrother joel goldsmith caminho infinito
Foto por Oleksandr Pidvalnyi em Pexels.com

A oração não é uma mensagem do homem para Deus. Em seu sentido mais elevado, a oração é a palavra de Deus proferida por Deus e recebida pelo homem em sua consciência com sinais prosseguindo a seguir. Nossa oração é realmente um reconhecimento do fato de que nós vagamos em um país distante e que estamos tentando encontrar o caminho de volta para casa.

Portanto, se houver alguma imploração ou súplica, é somente “Pai, me desperte”.

Uma ausência de oração respondida significa que há necessidade de mais purificação até que cheguemos diante da presença de Deus com um coração limpo.

 

Joel Goldsmith – Capítulo 2 – Criando um vácuo para o influxo do Espírito – ESPÍRITO PREENCHE O VÁCUO DO eu HUMANO – do Livro: Altitude da Oração.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: