O PODER DO MOTIVO PURO

Oração, para ser uma oração correspondida, deve vir de um coração que é purgado de motivos pessoais e egoístas, um coração que tem por seu desejo que todos os homens possam conhecer a graça de Deus. Esta oração silenciosamente falada ou pensada não apenas coloca aquele que ora livre, mas liberta a humanidade. Podemos assisti-lo em operação no nível da família. Podemos usar essa oração silenciosa e secreta em nossa casa, nos confinando ao nosso círculo imediato e orando para que a graça de Deus seja estabelecida. Nós abraçamos todos em nossa consciência até que tenhamos feito as pazes com ele e tenhamos absoluta convicção de que nosso desejo é que a graça de Deus seja sua experiência.

Quando começamos a ver os frutos naquele pequeno círculo, então estamos prontos para elevar nossa visão e sair para a comunidade, para a sede de nosso governo, para cruzar fronteiras e olhar cada nação no rosto, cada religião, e fazer as pazes: “Vá em paz”. Que a graça de Deus seja visitada em você. Que você possa sempre conhecer a alegria de viver em Seu perdão e em Seu amor, paz e prosperidade.

Podemos então voltar ao altar, deixar o nosso presente e orar:

Pai, perdoa-me como eu perdoei aqueles que me ofenderam. Pai, que Tua graça seja sobre mim, como eu visitei Tua graça sobre eles. Eu tenho orado apenas para que meus pecados sejam perdoados, pois perdoei os pecados dos outros. Eu rezo apenas para que Tua graça esteja sobre mim na proporção que eu desejo que esteja sobre aqueles outros.

Tudo isso é feito em silêncio, secretamente, de forma sagrada e com um propósito: que a graça de Deus seja estabelecida na Terra. Existe uma maneira melhor de estabelecer o reino de Deus na terra?

Podemos por um momento acreditar que o reino de Cristo virá sem amor, sem perdão, sem retirar a condenação e a crítica?

Há alguém tão acima do julgamento, crítica ou condenação que ele acha que a graça de Deus deve vir a ele e não a toda a humanidade?

baby children cute dress
Foto por Pixabay em Pexels.com

Entre aqueles que realizaram até mesmo uma pequena medida da graça de Deus, há a percepção: “Eu não pretendo ter alcançado, não completamente; mas estou esquecendo os pecados que foram passados ​​e estou olhando para a plena demonstração do estado Cristo.” Se reconhecermos que, para nós mesmos, temos que reconhecer que, mesmo que ainda não tenham atingido sua perfeição espiritual, todo homem, mulher e criança gostaria de esquecer seus pecados e abrir suas almas para a regeneração espiritual.

Desta forma, a harmonia é estabelecida entre nós. Somente quando você sabe que a oração em meu coração é nos sentido de que a graça de Deus esteja sobre você, você pode se sentir em paz comigo. E eu posso me sentir em paz com você somente quando eu sei que você está olhando em minha direção, não com críticas, julgamentos ou condenações por quaisquer falhas humanas que ainda possam permanecer, mas que você está olhando para mim sem condenação e com um “Pai, perdoa-o, que a Tua graça seja estabelecida nele”. Isso faz com que a paz que sentimos na presença da consciência espiritual, a qual é responsável pela medida da paz entre nós.

Joel Goldsmith

Capítulo 10 – O GRANDE CÍRCULO DA ORAÇÃO – O PODER DO MOTIVO PURO – DO LIVRO: A ALTITUDE DA ORAÇÃO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: