A DISSOLUÇÃO DO SENTIDO MATERIAL DESTRÓI SUAS FORMAS

Não adianta tentar se livrar da forma de erro. Em outras palavras, não tente se livrar de doenças, falta ou limitação. Estes são apenas os chamarizes. São as formas que o erro assume, mas o erro em todas as suas formas nada mais é do que o sentido material, e o sentido material é dissolvido apenas pela Consciência Espiritual. A Voz, a Presença Divina, Emanuel, Deus conosco, Tao, Brahma – chame isso de que você é, é Deus em ação. Quando Deus está ativo em sua consciência, o sentido material é dissolvido; e quando o sentido material é dissolvido, as formas do sentido material desaparecem.

Você já viu exibições de enormes pedaços de gelo formados como pássaros, águias ou pedras – pedaços de gelo esculpidos em formas de peixes ou animais semelhantes à vida real?

O que acontece quando o gelo derrete?

Os animais e os peixes desaparecem, e não resta mais nada a não ser uma poça de água. Todo mal nada mais é do que um bloco de gelo chamado sentido material, e nada o dissolverá a não ser a percepção da presença de Deus. Quando você tem uma percepção da presença de Deus, o sentido material é dissolvido e, com isso, todas as suas formas: Falso apetite desaparece; falsos desejos desaparecem; a solidão desaparece; a falta de moradia desaparece; carência e limitação, disputas entre capital e trabalho e até mesmo as guerras desaparecem.

A realização de Deus dissolve todas as formas como o sentido material aparece. Nunca mais podemos odiar tanto quanto antes; nunca mais poderemos ser tão sensuais como antes, como gananciosos ou avarentos. Também não podemos ser tão medrosos ou duvidosos, porque todas essas são formas de sentido material.

À medida que o sentido material é dissolvido, medo, dúvida, ódio, ciúme, ressentimento, ganância e luxúria – tudo isso desaparece. Mas nunca tente se livrar das formas de erro: alcance a realização de Deus e deixe que isso dissolva a substância das formas.

Se você pensa em O Caminho Infinito como um método pelo qual você fará Deus fazer algo por você ou se você acredita que pode se voltar para Deus para alguma forma de bem, você perderá o caminho. Este ensinamento não revela um Deus que cura; não revela um Deus que lhe enviará suprimento; não revela um Deus que lhe traga companheirismo ou felicidade: revela Deus como Onipresença e ensina como chegar a essa percepção de Deus e permitir que essa realização viva sua vida.

Atingir a realização de Deus é o único objetivo e a nota-chave do Caminho Infinito.

Ao alcançar a realização de Deus, você descobrirá rapidamente que nunca precisará pensar em saúde, riqueza, companheirismo ou qualquer outra coisa necessária para tornar sua experiência harmoniosa. Nada é necessário para você, mas a realização de Deus. Nada fará para você uma vida espiritualmente vivida, uma vida espiritualmente dotada e uma vida espiritualmente mantida e sustentada, exceto a realização de Deus – a realização de Deus com você, a realização dessa pequena Voz calma proferindo-se e dissolvendo o sentido material. Nunca nos amarremos em acreditar que isso significa que a realização de Deus dissolverá o sentido material de todos os nossos amigos, parentes ou vizinhos. Não, essa percepção dissolve o sentido material pelo qual temos visto nossos parentes, amigos e vizinhos. A

percepção da Presença de Deus dissolve o sentido material para nós e, por sua vez, ajuda a fazê-lo para aqueles que se conscientizam dentro do alcance de nossa consciência. Nosso mais próximo e mais querido pode ser deixado no mesmo sentido material que eles parecem desfrutar enquanto um completo estranho pode ser atraído e vir até nós para a bênção que recebemos através da consciência de Deus.

Jesus dissolveu o sentido material na medida em que Ele mesmo estava preocupado, e ele o dissolveu para aqueles que se permitiram despojar-se de seu sentido material, mas certamente o registro da carreira do Mestre indica que Ele não teve sucesso com aqueles que insistiam em se agarrar a ele no sentido material.

Quando os outros nos procuram para que o sentido material neles seja dissolvido em virtude de seu contato conosco e por causa de qualquer medida de luz que tenhamos encontrado, então podemos nos tornar guardadores do nosso irmão, compartilhando a glória que encontramos com aqueles que desejam isso.

Nossa preocupação é a obtenção dessa realização de Deus que é a destruição do sentido material e que, portanto, remove suas formas.

E quem pode limitar o alcance de tal realização?

Joel Goldsmith – Cartas do Caminho Infinito – Maio 1959

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: