Qual é a sua interpretação quando Jesus disse: “Meu Deus, por que me abandonaste?


Resposta: Bem, é claro, nunca encontrei ninguém que o ouviu dizer isso. Não temos testemunhas oculares ou auditivas. Ele estava bem lá em uma cruz, onde é duvidoso que alguém pudesse ouvi-lo se ele tivesse dito. Portanto, a questão é se ele disse ou não. Se ele dissesse, poderia ser no mesmo espírito que você e eu poderíamos dizer. Se entrarmos em um problema bastante profundo e não encontrarmos a saída o mais rápido possível, não tenho dúvida de que podemos dizer: “Oh Deus, onde está você? Por que você não vem em meu socorro agora? Ou: “Por que você me abandonou? Olha, como Jó, eu tenho sido um homem bom, muito caridoso, bom para minha esposa e bom para meus filhos, mas olhe para todos esses furúnculos! ” (Risos) E fazemos isso. Nós fazemos isso. De repente, começamos a pensar: “Sabe, não me lembro de ter feito algo errado. Eu não violei nenhuma lei, mas veja essa afirmação que me ocorreu. ” E então dizemos: “Acho que Deus me abandonou”.
É por essa razão que temos as Escrituras para nos lembrar que, embora eu ande pelo vale da sombra da morte, Tu estás lá. Se eu arrumar minha cama no inferno, você estará lá. Mostra-nos que aqueles que vieram antes de nós, mesmo sendo homens bons, homens espirituais, homens nobres e homens verdadeiros, chegaram a um vale da sombra da morte ou a algo que chamavam de “inferno”. E eles deixaram essa mensagem para nós – quando você passar por essas águas, lembre-se de que Deus está passando com você. Esses companheiros deixaram o caminho aberto para nós. Até Isaías, que era um homem sábio, disse:
“Mas agora assim diz o Senhor que te criou, ó Jacó, e quem te formou, ó Israel: Não temas; porque eu te remi, te chamei pelo teu nome; tu és meu. Quando passares pelas águas, eu serei contigo; e pelos rios não te inundarão; quando passares pelo fogo, não te queimarás; nem a chama acenderá sobre ti. Pois eu sou o Senhor teu Deus, o Santo de Israel, teu Salvador …
“Vós sois minhas testemunhas, diz o Senhor, e meu servo, a quem escolhi; para que me conheçam e creiam em mim, e entendam que eu sou ele; diante de mim não havia Deus formado, nem haverá depois de mim. Eu, Eu sou o Senhor; e ao meu lado não há salvador. ”
E assim você vê, a promessa não diz que não andaremos pelas águas ou que não andaremos pelo fogo. Diz-nos que se andarmos – ou quando andarmos – pelas águas e pelos incêndios, eles não nos prejudicarão. E é assim que pode muito bem ser que o Mestre … Oh, bem! Sabemos que no Jardim do Getsêmani, ele foi levado a duvidar por um minuto. A pressão foi muito severa. Ele pediu aos onze discípulos que orassem com ele, que o sustentassem. E ele até orou a Deus para “deixar passar de mim este cálice, se for a tua vontade”. Era um copo pesado que ele estava prestes a enfrentar. E assim pode ser que, naqueles momentos de desespero, o senso de Deus o abandonasse, mas evidentemente voltou a tempo de tirá-lo da tumba.

Joel – (Gravação nº 62, classe fechada de Chicago de 1954, Fita 1, Lado 2, “Revelação espiritual”)



Categorias:Ensinamentos Joel S. Goldsmith

Tags:, , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: