Como podemos evangelizar a humanidade?

Pergunta: Em seu livro O Caminho Infinito, você diz: “Não podemos realizar essa evangelização da humanidade pelo poder mental ou físico, mas pelo senso espiritual de existência que todos podem cultivar através da devoção do pensamento às coisas do Espírito”.
Resposta: Você vê que eu não sou absoluto, nem mesmo absolutamente consistente, porque — e eu trouxe isso para você antes – há duas partes distintas em nosso desenvolvimento espiritual.
Por isso não somos absolutos. Há duas partes: a Letra da Verdade e o Espírito da Verdade, (ou consciência da Verdade).
Agora, há certos indivíduos tão dotados desde o início pela graça de Deus que eles nunca precisam conhecer a Letra da verdade; eles nunca precisam pensar a Verdade. Eles são divinamente dotados e estão na percepção ou consciência da Verdade Espiritual sem nunca serem capazes de expressá-la, explicá-la ou ensiná-la. Eles simplesmente têm; eles são apenas isso. Mas nós não somos assim; Então, o que temos que fazer? Temos que seguir os passos humanos que conduzem para isto.
E assim é, em todas as fases do nosso trabalho eu lhes dei isto: no Tratamento, na meditação, na vida, que você deve tomar a Letra da Verdade, como a declaração “Ele realiza o que é me dado para fazer;” ou ponderar a natureza de Deus como Espírito, como Onipresença, como Onipotência; ou meditar nas formas da natureza e aprender a ver por trás da natureza o Invisível.


Agora, é claro, isso é devoção de pensamento; isso é uma prática mental. Não há nada de espiritual nisso; isso é totalmente mental. Mas se você persistir nisso; se você vai cuidar de seus negócios diários e a cada hora perceber: “eu não estou fazendo isso sozinho. ‘Ele realiza o que me é dado para fazer’” ou se houver alguma alegação de insuficiência de qualquer natureza, lembre-se: “Tua graça é minha suficiência em todas as coisas”; ou se houver falta de entendimento, lembre-se: “Seu entendimento é infinito”; ou ao sentar-se para tratar ou meditar, lembre-se: “Sua voz é proferida, a terra se derrete”; então, se você conscientemente tiver esses pensamentos em mente, um dia você passará por uma transição para um estado de consciência onde tudo isso é desnecessário; onde nunca mais — ou raramente; Eu não diria nunca, mas raramente – você tem que ceder a pensamentos, declarações ou se lembrar de que Deus está sempre presente. Você entra na vida do Espírito, onde Paulo diz: “eu ainda não vivo eu, Cristo vive a minha vida”, e Jesus diz: “Não se preocupe com a sua vida, o que você deve comer, ou o que você deve beber, ou com que vos vestireis”, porque isto estará lá a cada minuto de cada dia.
Você entra nesse estado de consciência, mas não entra apenas dizendo: “Ah, sim, essa é a verdade absoluta”. Oh não! Você cresce na demonstração dessa Verdade, e você cresce nela através da Letra da Verdade, e esse é o caminho relativo. Você tem que primeiro aprender completamente a natureza de Deus, a natureza do erro, a natureza do Cristo.

Quando você os conhece, gradualmente faz a transição de sua individualidade mortal para onde pode dizer com sinceridade:

“Não quero nada. não desejo nada. não tenho vontade. não tenho necessidade. O que quer que seja necessário em minha experiência, apenas aparece todos os dias conforme a necessidade surge. Não tenho que me dar tratamentos por suprimento, companhia, casa, atividade, prática ou corpo discente. Eu tenho que acordar de manhã e entrar e olhar para minha mesa e ver o que deve ser feito e sentar e fazer, e então esperar pelas correspondências e começar a fazer tudo de novo, e então esperar que o telefone toque e fazer tudo de novo. Eu não preciso sair e procurar. A atividade vem – qualquer atividade, toda atividade – e o mesmo vale para todas as companhias que são necessárias, todos os funcionários que são necessários, todos os em que a ajuda que é necessária, todas as ideias que são necessárias. Eles apenas fluem conforme são necessários.”


Mas nunca se esqueça disso: que cada um de nós que está trabalhando dessa maneira deu os passos originais de aprender essas passagens das Escrituras e, como você encontrará na página – na páginas do Caminho Infinito de acordar pela manhã e lembrando conscientemente: “Deus está comigo. Deus estará diante de mim durante este dia”, e assim por diante. Sentar-se para um café da manhã e parar para perceber: “Espere um minuto: Deus é a fonte deste café da manhã. Deus é a fonte do alimento. Deus é a fonte do meu suprimento.” Caminhando até a porta para sair e depois lembrando: “Espere um minuto: A Presença vai antes de mim para endireitar os lugares tortuosos. ‘Ele realiza o que me é dado para fazer.’”


Não é fácil. Não é fácil. As Escrituras dizem: “Reconhece-O em todos os teus caminhos e Ele te dará descanso.” E é isso que é. É reconhecer Deus desde acordar de manhã até dormir a noite e ao acordar no meio da noite. E, além disso, você não está apenas reconhecendo a Deus, mas lembre-se de que está enfrentando problemas. E então você tem que ir do outro lado e comece a conhecer a natureza do erro que está diante de você, para que, independentemente de sua natureza, você possa dizer: “Oh, isso é um braço de carne”.

“Oh, Sr. Goldsmith, eu tenho setenta e dois cânceres”

Eu já contei a história em uma de nossas aulas há muitos anos, e isso voltou ao meu pensamento hoje com alguém. Isso foi nos meus dias de Boston, quando eu tinha vários casos de câncer com os quais eu lutava, e eles estavam me dando muito trabalho. E eu realmente estava lutando com eles e tentando tanto conhecê-los e superar todas as aparências e tudo mais. E eis que, no meio daqueles dois ou três casos de câncer simples, ora, uma senhora entrou e disse: “Oh, Sr. Goldsmith, eu tenho setenta e dois cânceres”. E você sabe, eu apenas ri alto. Sim, assim como você está fazendo, foi o que eu fiz. Eu fiz! Eu ri alto e disse: “Estou sentado aqui trabalhando em apenas um pequeno câncer”.
Em três dias, esta senhora não teve nenhum daqueles setenta e dois cânceres, nenhum deles. E esse foi o único tratamento que ela recebeu também. Parecia-me tão completo, tão ridículo. Agora o que vai você faz com setenta e dois cânceres? Ou você vai pular de uma janela, ou vai rir disso, e quando você rir, está curado. Você sabe por quê? Porque é ridículo! Deus nunca deu a qualquer mulher setenta e dois cânceres a menos que – a menos que eles [os cânceres] fossem muito bons. E quando você começar a perceber isso, você saberá que se Deus não os deu a ela, ninguém mais poderia. Deus é a única presença e Deus é o único poder, e isso é tudo é. E há momentos em que sinto vontade de voltar e rir sobre isso novamente quando vejo alguns desses casos que realmente tentam tirar o melhor de mim. Porque existem casos assim, e provavelmente sempre haverá até que eu desenvolva um senso de humor mais elevado.

Mas essa é a verdade. Até que você aprenda a natureza do erro, até que você realmente e verdadeiramente possa ir direto ao ponto e dizer – o que Jesus disse – “Quem me convence do pecado?” …. “‘Quem me convence do pecado?” Quem você acha que poderia me convencer de que Deus infligiria alguma discórdia em Seu mundo? Não acredito nem por um minuto, e não acredito que exista um diabo. Acho que o único diabo é aquele que foi dado para nós no Jardim do Éden – este conhecimento do bem e do mal. Esse é o nosso diabo. Dissemos: “Isso é bom”, e é assim para nós. Dissemos: “Isso é mal”, e é assim.
Nada é bom ou ruim, mas o pensamento faz com que seja assim. Nada é bom ou ruim. Aí está — só o pensamento o torna assim. E tudo o que você precisa fazer para se livrar disso é parar de pensar. Agora isso não é difícil. Isso não é difícil.´
Já me perguntaram: “Como você para de pensar?” E eu só encontrei um caminho. No minuto em que pude olhar para isso e dizer: “Não é bom nem mau”, meus pensamentos pararam. Esse foi o fim. Não há mais nada para pensar, porque nesse momento você está de volta ao centro do seu ser, onde está todo o poder. Você só pensa quando está aqui pensando bem e mal sobre coisas e pessoas. Mas você não tem nenhum pensamento uma vez que não tem o bem e o mal. Você está bem aqui interiormente em comunhão com Deus.
Não estou lhe dizendo nada absoluto sobre isso. É descoberta. É revelação. É experiência. Isso é o que é, depois de ter experiência suficiente para enfrentar todas as formas de erro que podem concebivelmente sobrevirem à raça humana, e então viu pelo menos uma parte deles se tornar nada, não por força, não por poder, mas apenas por conhecer essa Verdade; apenas percebendo: “Não há bem nem mal – . Há apenas uma coisa e isso é Deus.”
Então você está se aproximando do lugar onde eventualmente você pode ser absoluto o suficiente para ficar na frente de Pilatos e dizer: “Você não poderia ter poder sobre mim a menos que viesse de Deus”. Ah sim, você pode até chegar ao estado de Paulo e dizer: “eu ainda não vivo; somente Cristo vive minha vida.” E é assim que é.

Joel – Série Perguntas & Respostas – Chicago – Ano 1956 – Fita 160A – O Caminho Infinito não é absolutamente um ensinamento



Categorias:Perguntas & Respostas

Tags:, , , ,

5 respostas

  1. Salve Mestre Joel. Meu coração aquece com o seu verbo. Que alegria!

    Curtir

  2. Agradecdo por tão sapiente texto dos ensinamentos! Dúvida: Como é “pensar conscientemente”?

    Curtido por 1 pessoa

    • Você já ouviu sobre a prática de respirações conscientes?
      Bem, você está respirando agora mas não está conscientemente focado na sua respiração. A prática consiste em realizar 10 inspirações e expirações conscientes.
      O mesmo é feito com pensamentos. Você reserva alguns momentos do seu dia para pensar conscientemente em Verdades Espirituais.

      Curtir

  3. Quanta perfeição viva d DEUS! SORRINDO diante da verdade tão explícita aqui. Agradecida com todo meu SER pela absolutez REAL partilhada. Receba meu abraço carinhoso imutável no DEUS VERDADE e TODO amor INCANSÁVEL por sua vida INCRÍVEL no CRISTO! FAVORECIDA para SEMPRE.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: