SEJA UM ESPECTADOR – Capítulo 6

UM ESPECTADOR! SEJA UMA TESTEMUNHA! Sempre que encontro Allen Boone para almoçar e pergunto como ele está, ele me diz: “Estou vivo, e isso conta  99%”. E vejo que todos aqui estão vivos e, depois de uma semana inteira, acho que são 99%! O outro por cento você descansará no fim de semana.

Depois de todo o trabalho desta semana, deve ficar claro para você que o ponto principal do que falo e escrevo é que: o que nos parece erro de qualquer forma não é realmente um erro; que não há pecado nem doença que deva ser superada; existe apenas como uma experiência ilusória, uma crença mental. Se estivéssemos lidando com a doença como uma REALIDADE, como algo que é CAUSA e tem efeito, teríamos que saber muito mais do que sabemos sobre o corpo e as coisas que causam doenças corporais; mas porque não lidamos com nosso Trabalho de Cura desse ponto de vista, deve ficar claro que, se estamos obtendo algum resultado, deve ser porque pecado, doença ou erro não existe como uma REALIDADE e que deva ter algo a ser feito.

Quanto mais claramente você perceber a natureza irreal de qualquer forma de erro, mais próximo estará de viver livre dela, e em breve atingir uma Consciência Espiritual que é o ponto mais importante de tudo. Esse Trabalho de Cura que estamos fazendo nesta geração e neste período de nosso desenvolvimento não é realmente a razão mais importante pela qual viemos à Terra. Não nascemos neste mundo apenas para realizar Trabalhos de Cura, assim como Jesus veio à Terra somente para curar os males das pessoas ou ressuscitá-las dentre os mortos. As chances são de que Lázaro, mesmo ressuscitado dentre os mortos, passou mais algum tempo depois e apenas ocorreu uma mudança na data na lápide.

E você também descobrirá que, no que diz respeito à cura real, tudo o que aconteceu foi uma mudança de data em sua própria lápide.

Foi em 1928 que perdi todo o desejo pelas coisas do mundo no sentido de elas terem ou fazerem exigências sobre mim. Ainda gosto de boa música, bons amigos, bons livros e boa comida, mas eles não são mais uma parte necessária da minha experiência. Estou no mundo, mas não sou dele. Gosto de todos, mas não sinto falta deles quando não estão na minha experiência, quando estão separados e à parte de mim. Tornei-me consciente de algo em você com o qual posso comungar, e não faz diferença qual é o seu grau de instrução, qual é sua formação financeira e social. Toquei em um lugar em sua consciência onde podemos ser juntos amigos maravilhosos. Eu te conheço mais ou menos como você realmente É. Posso amar a todos neste mundo, tive muita dificuldade em odiar até o Sr. Hitler! Não foi fácil para mim ter sentimentos duros por ele. Vi algo bonito em homens e mulheres, mesmo quando externamente eles podem não estar se manifestando no momento. As chances são de que alguns daqueles que não o estão manifestando hoje, mais cedo ou mais tarde, mostrem que estava lá o tempo todo, o que essa transição espiritual me permitiu ver agora.

Por que é necessário chegarmos a esse lugar?

Está aqui: você não tem nada que eu deseje ou invejo de você, ou que me daria ao meu alcance. Posso desfrutar de companhia mental e espiritual com você, mas não há nada de qualquer natureza que eu possa desejar ou querer. Não posso te odiar ou me desculpar quando você estiver longe de mim. Somos apenas bons amigos o tempo todo. Agora, imagine um mundo com tais relacionamentos! Essa é a única maneira de acabar com as guerras. Nunca pense por um minuto que qualquer um desses tratados acabará com as guerras; esse armamento final vai acabar com a guerra. Quando a guerra chegou em 1939, a Grã-Bretanha não estava preparada. Isso não impediu a guerra. Nenhuma das coisas humanas impedirá a guerra, porque, por mais maravilhoso que você seja, ou por mais maravilhosos que sejam os chefes de nosso governo, amanhã teremos vilões por lá e eles poderão derrubar em uma geração o bem que foi construído ao longo de uma dúzia de anos. Agora, uma vez que isso é verdade, a resposta é que ou terá que haver paz mundial, individual e coletivamente, ou haverá guerras.

E, se houver paz, terá que chegar quando cada indivíduo perceber sua unidade com Deus e perceber que todo o bem que ele deve receber deve vir de Deus, e não de outro indivíduo. Esse desenvolvimento espiritual não nos torna loucos. Não chegamos ao ponto em que dizemos: “Nosso bem não chega até nós através do outro”. Posso ficar aqui hoje conversando com alguém amanhã e você pode receber o bem através deles que você não está recebendo de mim ou de qualquer outro professor ou orador que vier aqui. Qualquer bem que você receber virá de Deus!

Você está sempre atraindo seu próprio bem, e esse bem vem de sua própria consciência! Mas até que você possa recebê-lo diretamente, você terá que recebê-lo através de um profissional, professor ou livro.

Meu Suprimento vem diretamente da minha própria consciência. Ninguém é responsável pelo meu Suprimento. Eu o recebo diretamente através da minha própria consciência. No entanto, hoje, você pode ser o canal pela qual ela chega a mim. Você pode ser o ponto de consciência que recebe o bem através de mim e, assim, recebo o meu bem através de você, mas não de você. Sou independente de você, e se você não contribuiu com nada, isso não tiraria nada do meu Suprimento, e se você contribuísse hoje e nunca mais aparecesse, isso não faria diferença para mim. A Consciência Infinita que Eu sou fornecerá meu Suprimento para mim, e enquanto for necessário ter uma avenida ou canal, essa avenida ou canal será obtida. O mesmo com você. Contanto que você precise de um livro, um professor, um profissional ou um ensino, essa necessidade será fornecida a você. Sempre aparecerá como homem, mulher ou livro, mas lembre-se de que está chegando a você porque sua própria consciência está atraindo isso por você e para você.

Agora, quando você percebe que todo o seu bem flui da sua própria consciência, não pode mais ter inveja ou olho gordo dos bens de outrem, ou ter um desejo por eles ou até um desejo moderado por eles. Por quê? Porque você pode ter tudo o que deseja, abrindo sua própria consciência e deixando fluir! Quando você e eu, como indivíduos, chegamos ao lugar onde não tenho nada que você deseja e você não tem nada que eu desejo, onde sentimos que a infinidade do bem está fluindo de nossa própria consciência individual – aquela consciência que chamamos de Deus – então podemos ver quão pouco conflito haverá. Não há outro caminho! Somente através de uma Consciência Espiritual Iluminada, uma que saiba que o lugar em que Eu estou é um solo sagrado, podemos fazer isso. Por que é verdade que o lugar em que Eu estou é solo sagrado? Porque Eu e o Pai somos um, e onde quer que Eu esteja, Deus É. Nós não somos dois. Não podemos nos separar um do outro.

O lugar em que Eu estou é solo sagrado! Se Eu arrumar minha cama no inferno, “Tu” estará lá, na enfermaria, na prisão, no asilo ou na casa dos pobres. Se você puder compreender Deus como seu ser individual! Você encontrará rapidamente uma mudança de consciência que atrairá para você todo o bem, não apenas necessário para o seu desenvolvimento, mas uma abundância dele. Eu não vim apenas para suprir suas necessidades, mas para que você possa ter vida e vida mais abundante – saúde e riqueza sem medida! Não há limite para a quantidade de saúde e riqueza que nos é permitido ter sob a Lei Espiritual, mas realmente deve haver essa Iluminação Espiritual. Portanto, lembre-se de que nesta atividade de cura, nosso trabalho não é torná-lo um ser humano saudável ou rico, mas trazer Iluminação Espiritual a você e, em seguida, essas outras coisas serão adicionadas a você. Essa é a promessa messiânica. “Busquem primeiro o Reino de Deus e sua justiça, e todas essas outras coisas serão acrescentadas a você.”

Foto por Quang Nguyen Vinh em Pexels.com

Nesta mensagem, como a interpreto, temos duas citações importantes da Bíblia. (E aqui lembro novamente: não pense que, memorizando e recitando-as, elas farão qualquer coisa por você. Elas não farão, e se o fizerem, será muito ruim para você, pois não será permanente.) Quando a essência ou substância dessas citações se tornar parte de sua própria consciência, quando você realmente as entender, elas começarão a viver para você e a funcionar para você eternamente.

Primeiro: “Não pense na sua vida.” Você pode se referir a toda essa passagem em Lucas 12: 22-32. Ao longo de todos os meus escritos, enfatizo como a parte vital do seu desenvolvimento: “Não pense!” Isso não significa tornar-se mentalmente preguiçoso ou sentar e esperar que algum Deus misterioso venha e trabalhe para você. A atitude “não pense” não é de indolência mental nem muito menos de fé cega. A atitude de “não pense” é o contrário, é de alerta mental e expectativa espiritual. Jesus encerra essa passagem com a afirmação de que “seu Pai celestial sabe do que você precisa”. . . “E é um prazer dele dar-lhe o Reino.”

Agora, quando você vive constantemente percebendo que Deus é sua própria consciência, Deus é a sua mente e que essa mente ou consciência sua conhece sua necessidade e a está cumprindo para sempre, você não pode se tornar preguiçoso, sentar-se e pedir a um Deus desconhecido que faça algo por você. Tampouco você pode apenas cuidar dos seus negócios humanos e esperar que tudo de bom flua. É apenas quando você vive em um estado de expectativa espiritual, alerta espiritual, permanecendo com ouvidos espiritualmente abertos, como se um pouco além do alcance da voz fosse aquela mensagem Divina esperando entrar, e você está sempre no ponto de vista de esperar para ouvi-lo! E você desenvolve esse estado.

A segunda citação é: “Não por força, nem por poder, mas pelo meu Espírito”. Não há oportunidade para ficar mentalmente preguiçoso ou ficar sentado esperando que algo bom aconteça com você. “Não por força!” Não é o esforço físico ou mental que você faz, é a consciência espiritual! É a realização do poder espiritual funcionando em você e através de você e como você que faz o trabalho. Para fazer essa transição do método humano de viver e suprir saúde e riqueza, para o espiritual, o renascimento exige que Deus, em todos os momentos, seja o tema central de sua consciência.

“Não penses na vossa vida, o que comereis, o que bebereis ou com o que estarás vestidos.” No entanto, “Tu o manterás em perfeita paz, cuja mente está em Ti!” Você precisa pensar, mas não pensar nas coisas que precisa. Pense em Deus. Quanto mais você percebe Deus como mente, alma e espírito de seu ser, mais você percebe Deus como a sua alma, mais você realmente pensa corretamente sobre Deus e mantém sua mente nele.

Deus não é um Deus distante. Ele está mais perto do que mãos e pés, mais perto do que respirar: “Eu e o Pai somos um.” Bem onde estou sentado, ou em pé, ou andando ou conversando, lá está Deus se desdobrando e se expressando como Eu, e estou pensando em Deus quando percebo essa verdade.

“Busquem primeiro o Reino de Deus e sua justiça, e todas essas outras coisas serão acrescentadas a vocês.” Busque a consciência da Presença de Deus e todas as coisas serão adicionadas a você! Isso é ser espectador. E fazemos isso da seguinte maneira: Provavelmente, até agora, éramos bons trabalhadores físicos, dependendo de nosso trabalho físico bom e árduo para fazer as coisas por nós. Talvez tenhamos orgulho de ser um trabalhador fiel, um trabalhador consciente na maneira humana. Talvez, ao entrarmos na metafísica, nos tornássemos fiéis trabalhadores mentais e demos a nós mesmos, nossas famílias, nossos amigos, bons tratamentos mentais. Tudo isso foi um trampolim para esse momento. Agora não vamos usar nosso trabalho físico ou mental como trampolim para o nosso bem. Usaremos nosso desenvolvimento espiritual, nossa consciência espiritual, e o faremos dessa maneira e assistiremos de perto neste fim de semana.

Foto por Victor em Pexels.com

Seja um espectador! Observe como se estivesse olhando por cima do próprio ombro o que Deus traria para acontecer em sua experiência; o Deus que está exatamente onde você está. Observe tudo o que você faz, tudo o que ouve, tudo o que está pensando. O Deus que está no centro de sua consciência sabe tudo o que está acontecendo, e estamos meio que vigiando por cima desse ombro para ver Deus aparecer em forma e se desdobrar como nossa experiência. Para ilustrar:

Deus não é algo separado da forma em que Deus aparece;

Deus é a substância e a essência dessa forma! Como é isso?

Deus reuniu esse grupo?

Isso, na minha língua, seria separação e dualidade. Não seria correto. Deus não reuniu esse grupo. Deus apareceu aqui “como” esse grupo.

Deus se revelou para mim “como” esta classe! Não há Deus “e” essa classe. Deus está aparecendo “como” essa classe! Da mesma forma, Deus não enviou a você um praticante ou um professor; Deus agora está aparecendo para você “como” praticante e professor. Não há separação entre Deus “e” eu. Deus não me “enviou”. Deus aparece “como” eu. Deus não enviou você para mim. Deus apareceu diante de mim “como” você. E isso é Unidade, não dualidade.

Agora, da mesma maneira, Deus não me envia meu suprimento. Deus aparece para mim como meu suprimento. Deus não é apenas meu fornecedor, Deus é meu suprimento! Se, neste momento, vejo Deus como alimento na mesa, essa é apenas a minha interpretação de Deus aparecendo. Vamos chamar isso de coisas adicionadas. Na verdade, Deus está se revelando como meu suprimento. Você captou isso?

Não há separação, nem divisão entre Deus e o meu bem!

Deus não me enviou um contato como Sra. Buck e os Anderson’s. Deus me apareceu “como” Sra. Buck e os Anderson’s. Não consigo separar Deus da senhorita Buck e dos Anderson’s. Deus aparece “como” estes para minha consciência individual.

Isso é muito importante, porque agora, enquanto você assiste a sua vida se desenrolar, não verá um grupo de pessoas humanas entrando em sua experiência, ou muito dinheiro. Você verá Deus chegando em formas e variedades infinitas. Não importa de que forma ela apareça – pode ser uma viagem de férias, um novo ensinamento, um emprego ou um desdobramento dentro de sua própria consciência, pode ser uma iluminação espiritual – será Deus aparecendo diretamente para você. Você pode vê-lo na forma de Jesus Cristo; ou sua mãe; ou seu pai. Será Deus aparecendo para você de uma forma que você possa entender.

Nunca separe Deus de nenhuma das formas em que Deus aparece.

Deus, sendo Infinito, aparece em formas e variedade infinitas. Deus nem sempre apareceu da mesma forma para você e pode, por causa da infinidade de Deus, nunca aparecer duas vezes o mesmo. Isso nunca vai acabar. A vida não pode terminar em cem anos, pois a vida, sendo infinita, deve aparecer em forma e variedades infinitas.

Isso também o ajudará em seu Trabalho de Cura: Deus “e” seu corpo não existem. Seu corpo é outra das infinitas formas em que Deus, a substância e essência divina do universo, está aparecendo. Seu corpo não pode decair ou decompor-se, a menos que você aceite a crença universal de que possui um corpo material que funciona no tempo ou no espaço. Deus é a essência e substância de você como carne, sangue e osso! Eles são apenas nossa tradução ou interpretação do Espírito Divino que aparece em todas as suas formas. Eles são Deus aparecendo “como” corpo. É o mesmo Espírito e substância em que sua mente, sua consciência é composta, apenas em uma de suas infinitas formas e variedades.

Por exemplo, a beleza pode aparecer como uma margarida ou como uma rosa. Ela deve aparecer em suas infinitas formas e variedades. Uma não é mais bonita que a outra. O senso de beleza pode ser melhor em uma do que na outra. Nem todos apreciamos a mesma forma de beleza. Realmente não conectamos a experiência espiritual com as formas humanas no sentido de tentar demonstrar um lugar para morar ou de demonstrar um automóvel. Isso seria pensar em “coisas”.

No entanto, há uma conexão. À medida que você se torna consciente de que Deus lhe aparece em infinitas formas e variedades, Ele sempre aparecerá na forma necessária para a sua compreensão naquele momento específico. E se sua necessidade é o que chamamos de casa na qual morar, um automóvel ou um assento em um trem, ela será exibida dessa forma. Será Deus aparecendo, mas você o traduzirá para essa forma no momento. Nunca devemos, neste trabalho, fazer trabalho mental por qualquer “coisa”. Nunca devemos desonrar a Deus voltando-se para Deus em busca de melhoria, emprego ou lar. Nós nos voltamos para Deus para a consciência da Presença de Deus em toda e qualquer forma, e se for uma agulha e um fio, se é isso que é nossa necessidade no momento, Deus deve aparecer nessa forma. Mas vamos demonstrá-Lo na Consciência da Presença de Deus em todas as formas, em sua infinita forma e variedade.

“Buscai primeiro o reino de Deus e sua retidão, e todas essas outras coisas serão acrescentadas a você”. . . “Não penses na vossa vida, o que comereis, o que bebereis e com que roupa sereis vestidos”. . . “Seu Pai celestial sabe de que coisas você precisa e é um prazer Dele dar-lhe o Reino!”

Ele não apareceu antes disso porque você está violando esse ensinamento messiânico. Você esteve tentado conseguir coisas, pessoas e lugares. E, apesar de violar o ensino messiânico, como você pode cumprir as promessas? Este é um Princípio! Isto é uma lei! Você cumpre a lei ou não demonstra. A Lei é que você não deve tentar demonstrar pessoa, lugar ou coisa, mas Graça.

“Buscais primeiro o Reino de Deus.” Não pense sobre essas outras coisas. Por quê? Seu Pai celestial, sua Consciência Divina, nunca mais longe que sua própria respiração, está conhecendo suas necessidades e suprindo-as.

Como?

Por força?

Pela luta? 

Não! Pelo meu Espírito!, pelo Fluxo Natural!

E aqui, que ninguém me entenda mal, saia daqui e diga que eu disse que você não precisa fazer nada. Sou um trabalhador esforçado; Trabalho vinte e uma horas por dia, dia e noite, mas não estou trabalhando para nada. Estou fazendo o trabalho que me foi dado para fazer neste minuto. Não posso ser preguiçoso sob essa promessa messiânica. Não acredito que Jesus fosse preguiçoso. O Espírito força você e não o deixa em paz para se tornar preguiçoso. Isso pode lhe dar descanso, mas você nunca pode ser preguiçoso.

Quando dizemos: “Não por força, nem por poder, mas pelo meu espírito. .

Não penses na vossa vida, o que comereis e com o que beberás ”, não queremos dizer:“ Movem-se para o país e deixam Deus fazê-lo! ” Queremos dizer o seguinte: “Em vez de se preocupar com as coisas do mundo, preocupe-se com Deus, faça o que lhe foi dado e faça o melhor que você sabe!” Portanto, mesmo que tenhamos dito “não pense”, quando receber uma ligação para você fazer algo, esteja alerta e faça-o! Não porque você é responsável pelo resultado, não porque sua atividade humana é importante em si mesma, mas porque sua atividade humana é apenas sua realização, em seu nível de consciência, do comando divino!

Se você não está vivendo de acordo com o seu mais alto senso de direito, cumprindo todas as obrigações de satisfazer seu mais alto senso de direito, então, em algum lugar, está caindo em seu entendimento espiritual.

Quando Jesus disse: “Quem é minha mãe, meu pai e quem são meus irmãos?” não era que ele fosse um filho ou irmão negligente. Ele estava trazendo à tona a grande Verdade de que sua maior responsabilidade era para com aqueles que buscavam o caminho espiritual de Deus, e nada deveria interferir nisso. Feito isso, ele poderia voltar e ser qualquer tipo de filho – e ele gostaria de ser um bom filho. Nunca devemos permitir que nossas obrigações humanas ou familiares interfiram em nosso desenvolvimento espiritual; Isso seria perigoso para o nosso próprio crescimento. Isso significa que teremos que colocar nossa família em algum lugar onde eles possam ser atendidos, mas não será permitido interferir em nosso próprio desenvolvimento ou crescimento. Isso seria o fim de nosso próprio desenvolvimento espiritual. Nada deve interferir nisso.

Fomos informados sobre o homem que saiu para encontrar “a pérola de grande preço” e depois vendeu tudo o que tinha para conseguir a pérola. Se é o desenvolvimento espiritual que está pulsando em sua consciência, e é por isso que você está aqui, porque algo de natureza espiritual está tentando emergir e não o deixará descansar até que você chegue a esse ponto. Se, então, você precisar sacrificar neste momento algum bem material para alcançar esse desenvolvimento espiritual, esteja preparado para isso! Você poderá ter que sacrificar muito coisas para alcançar esse desenvolvimento espiritua, mas quando tiver alcançado alguma medida disso, descobrirá que tem tudo o que precisa no mundo.

Portanto, nenhum sacrifício de conforto ou bem-estar material é demais para pagar a pérola de grande preço, e eu sei que existem muitas pessoas que realmente acreditam que devem ser capazes de manter todos os confortos materiais e atingir sua espiritualidade também. Isso não vai funcionar! Isso não vai funcionar. Olhe para a experiências de vida de Paulo, Jesus, João ou de qualquer pessoa que tenha atingido a espiritualidade e veja quão pouco valor eles deram à vida material. Mas, isso não o afastará da vida normal. Pode interferir com a rotina normal por um tempo, e vale a pena! É um Novo Reino! Isso te afasta das pessoas. É que você não se importa mais com o passado deles, aprenda a encontrar o ponto espiritual em todos – e então tenha algo em comum com todos.

Aos mandamentos, Jesus só podia acrescentar: “Ame o seu próximo como a si mesmo”. Quão? Não poderíamos, se esse amor tivesse algo a ver com a fisicalidade, a educação, o social ou o fundo financeiro. É somente quando encontramos todos no nível espiritual que podemos amá-los, e quero dizer amor! É apenas quando podemos olhar através da fisicalidade, através de Dunn e Bradstreet, porque essas são as barreiras que nos separam.

Agora novamente: seja um espectador! Nossa atitude é sempre a de estar em um lugar, como em um filme, e assistir a imagem se desenrolar. Você sabe que o filme inteiro está realmente completo no rolo do filme. Você assiste o desenrolar e, no fundo da sua mente, sabe que já está preparado um final feliz. Você está passando por todas as dores de cabeça, angústias e sofrimento apenas para terminar com um sorriso quando as luzes se acenderem. Nós, como espectadores, estamos na mesma posição porque Deus está se desenvolvendo “como” a minha existência. Eu sei que há um final feliz à vista, mesmo que eu tenha que passar por uma ou duas guerras mundiais – mesmo que eu tenha que descer até a porta da morte ou chegar a um lugar onde, por alguns dias, não tenha dinheiro suficiente para pagar pela comida. Nada disso é importante porque sei que Deus está revelando essa história da minha vida e, portanto, será um final feliz. Não me preocupo com a parte da imagem que aparece, mas apenas com o final feliz.

Só posso viver um minuto de cada vez, e minha mente não está nisso. Gostaria de saber como, quando e através de quem. Você pode ouvir mil professores e nove em cada dez não teriam nada para você. Existe apenas um, aqui e ali, destinado a você. Não é que eles não sejam bons, esses outros; mas para você, haverá apenas um ou dois ao longo do caminho da vida que atenderão ao seu estado de consciência particular. Você receberá um grão de cada um, mas quanto ao seu verdadeiro professor ou ensino, há apenas um deles.

Em toda a minha vida, há apenas um estado de pensamento registrado comigo. Ocasionalmente, houve outros, mas sempre: “Eu e o Pai somos Um.” Qualquer coisa nesse sentido encontrará em mim um maravilhoso estado de receptividade. Meu único professor é o estado de consciência que está me repetindo: “Eu e o Pai somos Um”. . .

“Filho, tudo o que tenho é teu”. . . “O lugar em que estou é um solo sagrado”. . . “Não penses na vossa vida, o que comereis ou com o que bebereis. . . não por força, não por poder, mas por meu Espírito. ” Todas essas coisas encontram uma resposta em minha consciência, e uma dúzia de pessoas escreveram ao longo dessa linha. Essa é minha professora, não um homem, mulher ou livro. Meu professor é meu próprio estado de consciência, de Unidade.

Digo nas minhas aulas em Hollywood: “Por favor, não se cobrem como meus alunos ou como professores. Tentem se lembrar de que o professor é o seu estado de consciência se expressando de maneiras infinitas de comunicação espiritual. ” Esse é o seu professor. Se você encontra isso nesses livros ou em de outra pessoa, não faz diferença. Fiquem com ele! Não misture muitas coisas diferentes. Você pode ler muitos livros diferentes, mas siga esse ensinamento específico que traz uma resposta.

O termo é usado na Bíblia: “Vocês são testemunhas de Deus”. Seja testemunha! “Seja um espectador!” – um espectador do desenvolvimento de Deus como sua experiência! E, ao contemplar, descobrirá que realmente não deve pensar. Por uma questão de fato, não há como você pensar. A cada minuto, você terá algo em que pensar. A maneira certa de fazer isso? Aprenda a ser um espectador, como se estivesse olhando por cima dos ombros. Eu mesmo tenho um sentimento no meu escritório de manhã:

“Eu me pergunto o que o Pai vai colocar na minha mesa hoje? Seja o que for, Deus aparecerá, e vou cuidar disso! ” Construí essa consciência de sempre saber que Deus está se desenrolando, aparecendo para mim de alguma forma. Você pode fazer a mesma coisa. Você pode se edificar como um espectador, para que todos os dias ao acordar diga: “Este é o dia de Deus. Me pergunto que imagens ele está me apresentando hoje? Quando você começa a ver que Deus está apresentando as imagens, está chegando ao primeiro mandamento: “Não terás outros deuses diante de mim”.

No mundo religioso, existe um Deus e um diabo. Nenhuma igreja no mundo não tem um Deus e um demônio. No mundo da filosofia, é bom e mau. Aqui é onde nos separamos de toda religião e da filosofia. Tomamos o Primeiro Mandamento literalmente apenas Um Único Poder! Não se pode voltar agora e dizer: “Gostaria de saber que influências más estão agindo em minha experiência, que poderes malignos?” Isso deve ser resolvido aqui e agora. Em vez disso, você pode acordar de manhã com a ideia: “Vou observar no que Deus se desenrola para mim”. Em tudo o que se desenrolar, perceber que Deus está fazendo isso; portanto, se você não se sentir bem, não haverá mente mortal! Você pode dizer: “Gostaria de saber que lição Deus quer que eu tire disso? De que maneira eu errei na direção e Deus está me puxando de volta? ” Novamente, nenhuma Presença e Poder à parte de Deus.

Desperte de manhã sabendo que Deus está aparecendo, está revelando sua experiência – e nunca se desvie. E se você tiver más notícias ou um acidente, não fique tentado, não pense duas vezes e diga “isso é erro”. Nada além de Deus está aparecendo, e se for necessário fazer com que a interprete novamente, terá que ser assim. Estamos no Primeiro Mandamento, como os que estão na classe aprenderão na próxima semana (Capítulos).

Não vamos admitir que o movimento das estrelas e planetas possam fazer qualquer coisa conosco. Vamos reconhecer Deus, a Mente de nosso próprio ser, como O Princípio governante, governando o movimento das estrelas e dos planetas. Não reconheceremos menor poder agindo sobre o poder de Deus. Da mesma forma, não reconheceremos que o erro pode fazer isso comigo ou perguntar por que o erro está fazendo isso comigo hoje. Não há erro, exceto o que você aceita em sua própria experiência. Deus é a única presença e o único poder e tudo o que está ocorrendo com você hoje, neste minuto, está acontecendo como resultado de Deus operando “em”, “para” e “através” de você, se você reconhecer ELE de todas as maneiras e não dizer isso em todos os “teus bons caminhos”. Reconheça-O em todas as formas.

Reconheça Deus como o único ator em sua experiência, como a única presença, o único poder, a única lei, a única substância, a única causa, o único efeito. Deus Deus!

A Consciência Divina infinita que é a sua consciência (filho(a) de Deus), é a vida eterna e infinita que é a sua vida! Não reconheça nenhuma vida separada da vida de Deus e você nunca terá a experiência de morrer. Isso nunca acontecerá se você seguir o seu Primeiro Mandamento. Somente Deus é vida universal, Deus é a realidade do meu ser! Não separe Deus de suas formas. Deus não está enviando algo para você. Deus está aparecendo para você em forma infinita, em variedade infinita e em experiência infinita. Deus está aparecendo para você “como”!

Não há mesa e madeira aqui. Você não pode separar a madeira da mesa. A madeira está aparecendo como a mesa. Joel Goldsmith e seu corpo não existem. Eu e meu Pai somos Um. Eu e meu corpo somos Um. Eu sou a consciência que aparece como este corpo! Eu e meu corpo somos Um. Meu corpo nunca vai morrer. Ele nunca envelhece e se decompõe. Eu sei que meu estado de consciência é sempre mantido por Deus; sempre mantido no Espírito da Verdade, e está me formando todos os dias. E como não há tempo, continuará fazendo isso para sempre.

Veja bem, nada está aparecendo para você, exceto Deus em forma e variedade infinitas. Portanto, Deus está aparecendo para você – como corpo! Você pode, neste momento, estar entretendo um conceito material do seu corpo e deve mudar isso. Seu corpo é espiritual. Foi formado pela substância de Deus, ou consciência, e se você quiser mudar seu corpo, mude seu conceito de corpo e então seu corpo responderá. Por quê? 

Porque seu corpo é apenas um produto da sua mente.

Joel – Palestras de San Francisco – Capítulo 6 – Seja um Espectador

Autor: CAMINHO INFINITO NA PRÁTICA - reggisbrother

Coach Místico. Não sou nada. Não busco nada de ninguém. Nunca serei nada e nem posso querer ser nada. Apenas compartilhando a Graça.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s