SUPRIMENTO TORNA-SE TANGÍVEL COMO CURA

Cartas do Caminho Infinito – Julho de 1957 –

Esse mesmo Suprimento se torna evidente como cura. Nenhum curador espiritual pode curar alguém no plano externo porque ele nunca toca o corpo de um paciente; ele nunca usa nenhuma forma de manipulação; ele nunca prescreve medicamentos ou aplicações externas; ele nunca se aproxima, mesmo pensando, do corpo de seu paciente. E, no entanto, milagres de cura acontecem. Quão e como?

Da mesma maneira. Existe uma profundidade interior que conhecemos como consciência de Deus, de Cristo ou consciência Espiritual. Quando a mente humana está quieta, quando não estamos tentando pensar ou obter favores de um Deus-Papai Noel, mas quando estamos realmente e verdadeiramente imóveis e em paz, ela brota do interior, e o resultado disso é um sentimento de como um peso tivesse caido. Quando isso acontece, o praticante sorri e o trabalho é feito.

O paciente, esteja no mesmo ambiente ou há quilômetros de distância, experimenta a mesma sensação de alívio, mesmo que ele não saiba que o praticante está trabalhando para ele naquele momento. Em um momento específico do trabalho, pode estar no primeiro tratamento ou no centésimo tratamento, mas naquele momento em que o praticante tem um sentimento suficientemente profundo da Presença de Deus dentro do paciente, estando em sintonia, responde a isso, sente esse impulso Divino dentro dele, então assim a cura ocorre. Novamente, o Suprimento foi demonstrado. Primeiro, deve existir um suprimento da consciência de Deus. Então, aparecer externamente como um suprimento de saúde e ausência da dor; pode até aparecer como um novo corpo, quando necessário.

SUPRIMENTO

Qualquer que seja o estágio em que você se encontre nessa jornada espiritual, você deve pegar a palavra “SUPRIMENTO” e segurá-la diante de seus olhos até entender o significado real dela. Não tenha medo disso; não pense que está lidando com alguma coisa humilde e material, porque não há suprimento material.

Todo Suprimento é Espiritual.

Só não pense em termos de formas de suprimento, como dinheiro, propriedades, casas ou investimentos. Pense em termos da essência do suprimento: Espírito é Suprimento; sua consciência de Deus é seu Suprimento; a atividade da Verdade dentro de você é o seu Suprimento. Lembre-se também de que é tão importante para a pessoa saudável e a rica reconhecer a natureza invisível do Suprimento quanto a pessoa doente ou pobre. Se as pessoas ricas estão com o seu senso de riqueza em valores materiais, não são mais ricas do que as notas de dólar que possuem ou o terreno que possuem, ambos sujeitos a flutuações e mudanças. Não há segurança na riqueza dos mais ricos ou na saúde dos mais saudáveis, exceto quando eles carregam consigo esse reconhecimento:

“Obrigado, Pai, por essa evidência externa de um suprimento invisível”.

Então seu suprimento, seja de saúde ou riqueza, é fundamentado na rocha e nunca os abandonará. O homem de visão espiritual não está contando com uma condição externa, mas está sintonizado com uma substância invisível que está sempre fluindo de dentro para fora.

Você nunca pode medir a extensão do seu suprimento pela evidência externa. Existe apenas uma maneira pela qual você pode julgar a quantidade de seu suprimento, e é a quantidade de contato com Deus que você alcançou dentro de você. Esse contato é o infinito do seu suprimento. Você pode moldar para obter terrenos, para escrever livros, músicas, para escrever composições ou novos designs para edifícios ou pontes. Qualquer coisa que você precise para alguma atividade externa, você tem em virtude do fato de ter alcançado uma Realização do Suprimento da substância dela dentro de você. Depois de ter a substância dentro de você, ou seja, a realização ou o sentimento da presença dessa substância, tudo o que você precisa no plano externo é fornecido. Estas são “as coisas adicionais”.

O Suprimento é um estado interior do ser; é uma qualidade interior como integridade. Você nunca viu a integridade, mas viu os resultados da integridade em sua conduta no mundo exterior; você viu a expressão externa dessa essência invisível que aparece como atos de honestidade, lealdade, fidelidade, justiça, misericórdia ou bondade. Do mesmo modo, se não houvesse suprimento interno, não haveria externalização na forma de dólares, propriedade ou renda. Se não houvesse essência ou substância interior, não haveria expressão ou forma externa.

Se isso é verdade, por que existe falta e limitação no mundo?

Se o suprimento é onipresente e existe na consciência de todas as pessoas, por que há alguém na Terra em falta?

A onipresença do suprimento é a consciência de Deus interior, mas torna-se visível, evidente e tangível, antes de tudo, na proporção em que sabemos a verdade que o Espírito é Suprimento, o Amor é Suprimento e que estes não são visíveis, mas que eles são perceptíveis na Presença e o poder Divinos dentro de nós que se exteriorizam como formas de Suprimento.

Joel – Cartas do Caminho Infinito – Julho de 1957



Categorias:Cartas do Caminho Infinito

Tags:, , ,

1 resposta

  1. Sempre que posso visito este sítio. Aqui se encontra muita coisa boa. Verdadeiro alimento para a alma. Além disso, inegável a profundidade e beleza contidas nas palavras de Joel… Expresso, portanto, a minha sincera gratidão pela disponibilização desses conteúdos preciosos. Votos de paz.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: