ESTE MUNDO

Cartas do Caminho Infinito – Junho 1957

Nunca resolveremos nossos problemas individuais, assim como não resolveremos problemas nacionais e internacionais, tentando mudar as pessoas, curá-las, reformar ou enriquecê-las. Nós só vamos trazer harmonia ao nosso mundo individual, vendo cada pessoa, coisa ou condição discordante como uma imagem produzida por essa substância ilusória chamada sonho da existência humana, ilusão universal, hipnotismo universal ou crença universal, ou, para você como, nada universal, aparecendo como pessoas e condições.

Nunca tente salvar uma pessoa que está morrendo;

Nunca tente enriquecer uma pessoa pobre;

Nunca tente curar uma pessoa doente;

Lembre-se sempre de que: você está lidando, não com uma pessoa, não com uma condição, não com uma coisa, mas com uma sugestão hipnótica, com uma influência hipnótica, com uma imagem hipnótica, que não existe fora da mente humana, da crença humana, aparência humana. Nesta realização, você destrói todo o tecido do qual o erro foi cometido.

Toda condição de limitação, seja finanças limitadas, saúde limitada, moral limitada ou condições de vida limitadas, é apenas a expressão de um hipnotismo universal, uma ilusão universal, uma crença de uma individualidade separada de Deus, uma crença de uma causa separada de Deus, uma crença de uma vida separada de Deus, uma crença de uma substância separada de Deus, uma crença de sabedoria ou conhecimento separado de Deus. Toda essa série de crenças constitui uma influência hipnótica, fazendo-nos ver pessoas, lugares, coisas e condições limitados. Você pode dividir esse sonho de Adão em suas partes componentes e descobrirá que o sonho de Adão é composto pela crença no bem e no mal – a crença de uma vida separada de Deus, de uma individualidade separada de Deus, de um lei separada de Deus, de uma substância, uma atividade ou uma causa separada de Deus.

Toda vez que você é chamado para a solução de um problema, observe que geralmente há uma pessoa envolvida nele, mas como Deus é o único Princípio Criativo, o filho de Deus não pode se envolver em nenhum problema: O problema pode ser apenas o crença de uma individualidade separada de Deus. Observe que todo problema que chega a você chega a você como uma condição. Pode ser uma condição de Deus? Não, pois se fosse uma condição de Deus, não apresentaria nenhum problema. O simples fato de ser uma condição mostra que é uma aparência que não tem existência real, porque na verdade não existe uma pessoa nem uma condição à parte de Deus. Qualquer aparência em contrário deve fazer parte do que se chama sonho de Adão ou sonho mortal ou senso ilusório de existência, ou o que Jesus chamou de “este mundo”.

Tem olhos mas não veem, Tem ouvidos mas não ouvem

Deveríamos achar muito simples atender a todos os casos que nos pedem ajuda, se pudéssemos apenas dizer “este mundo” e descartá-lo com um sorriso, sabendo que é apenas uma condição desse “mundo”, o ilusório mundo, não o mundo real, não o mundo de Deus. É como se fôssemos sair na rua e ver crianças brincando com um jogo no qual desenhavam um círculo com giz na calçada, e então uma criança fosse presa nela.

A criança no círculo não pode escapar de sua prisão até que algo seja feito para resgatá-lo. Você, no entanto, em vez de tentar libertar a criança de sua prisão, olhe para ela, sorria e diga: “Ah, sim, mas esse é o mundo da criança” e siga em frente, sabendo que, na realidade, ela não está presa. Se você se acostumar com a idéia de que tudo o que aparece em um sentido limitado, seja uma pessoa ou uma condição, faz parte deste “mundo”, significa o mundo dos sonhos, o mundo de Adão, o mundo irreal e, depois de seguir em frente, descobrirá em breve a rapidez com que a ilusão é quebrada para seu paciente, amigo ou parente.

Testemunhamos alguma condição desagradável ou alguma pessoa má, mas se existe um Deus, não pode haver pessoa, lugar ou coisa má. A dificuldade é que primeiro vemos a condição ou pessoa e depois procuramos fazer algo a respeito, e, ao fazer isto, nos envolvemos nela. Se, no entanto, vemos ela – se “ela” é uma pessoa, lugar ou condição – e depois lembramos que o tecido é o sonho, o sentido ilusório de um universo separado de Deus ou “este mundo”. E depois passá-lo com, “Oh, isso é apenas ‘este mundo’ ‘, nós quebraríamos o sonho. Nós quebramos o sonho da limitação no minuto em que nós mesmos nos tornamos desinformados.

Eu já lhe disse que este é o ano em que nossos alunos devem ser mais diligentes em quebrar o sentido mesmérico que os liga às crenças humanas, e isso só pode ser conseguido aprendendo o Princípio de que não pode haver nem bem nem mal no efeito. Aceitar o bem ou o mal perpetua o sonho. Em seus estudos metafísicos anteriores, você aprendeu que todo erro é ilusão, mas no Caminho Infinito você deve dar um passo adiante e perceber que o senso finito de bem é igualmente ilusório. Você alcança essa consciência ao perceber diariamente que não há bem nem mal na forma, mas que o Espírito é a realidade subjacente de todos. Tente entender que é a crença no bem e no mal que perpetua o sonho e o que mantém você fora do Jardim do Éden.

Um praticante é uma pessoa que, de certa forma, está desinformada, que, até certo ponto, não tem medo das aparências e não faz nada para combatê-las. No mundo existe pecado, doença e morte. Seu não praticante olha para fora e diz: “Oh, que terrível!” Se, no entanto, o praticante realmente chegou a um estado de consciência do praticante, ele olha e diz: “Já sei, “este mundo”, “hipnotismo”, “nada” e continua tranquilo suas tarefas diárias da vida.

Há apenas uma coisa que impede a harmonia em nossa experiência pessoal, e esse é o sentido universal de uma vida ou uma individualidade separada de Deus, ou de uma lei separada de Deus. Existe apenas uma maneira de quebrar esse sentimento de limitação, e é retirar-se da batalha no mundo, retirar-se da batalha e da oposição de pessoas e condições.

Joel – Cartas do Caminho Infinito – Junho 1957



Categorias:Cartas do Caminho Infinito

Tags:, , ,

1 resposta

Trackbacks

  1. Trabalho de Proteção – CAMINHO INFINITO NA PRÁTICA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: